Busca avançada
Ano de início
Entree

Classes e estratificação social na sociologia brasileira: uma análise da produção bibliográfica na década de 1970

Processo: 11/19226-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia
Pesquisador responsável:Henrique José Domiciano Amorim
Beneficiário:Lais Amanda Ribeiro Pimentel
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):Classe social

Resumo

Esse projeto de pesquisa tem como objetivo principal fazer um mapeamento bibliográfico crítico da Sociologia Brasileira, na década de 1970, das discussões relativas às classes e à estratificação social. A última reestruturação produtiva iniciada nos anos 1970, aliada posteriormente ao avanço do neoliberalismo e a dissolução do bloco soviético, proporcionaram o surgimento de novas teses que colocaram em questão o conceito de classes sociais. A partir desta conjuntura, a pesquisa aqui apresentada se orienta no sentido de fazer um levantamento crítico da produção acadêmica da Sociologia Brasileira acerca do conceito de classes sociais na década de 1970, tendo a hipótese de que ela possa ter absorvido essas teses sem ter experimentado exatamente as transformações ocorridas nas regiões centrais do capitalismo, tais como a Europa e os EUA, dada as particularidades da realidade brasileira.