Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do dano muscular sobre indicadores neuromusculares e de aptidão aeróbia

Processo: 11/19656-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Benedito Sérgio Denadai
Beneficiário:Claudio de Oliveira Assumpção
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiologia do esforço

Resumo

O objetivo deste estudo será analisar o efeito protetor de uma sessão de corrida em declive sobre os indicadores de dano e fadiga muscular induzidos durante e após a corrida de longa duração (sem inclinação) e seus respectivos efeitos sobre a economia de corrida (EC) e o torque muscular. Participarão deste estudo 30 indivíduos do gênero masculino com idades entre 18 e 30 anos. Os indivíduos realizarão inicialmente testes progressivos até a exaustão para a determinação do limiar de lactato (LL) e do consumo máximo de oxigênio na esteira rolante. Serão determinados os indicadores da fadiga (força isométrica máxima e atividade eletromiográfica), do dano muscular (creatina kinase) e a EC antes e após a realização de uma corrida de longa duração (2 horas no LL). Posteriormente, será realizada uma corrida em declive para indução dos danos musculares. Quatorze dias após a corrida em declive serão determinados novamente os indicadores de fadiga e dano muscular e a EC antes e após a realização de uma corrida de longa duração.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ASSUMPÇÃO, Claudio de Oliveira. Efeitos do dano muscular sobre indicadores neuromusculares e de aptidão aeróbia. 2014. 70 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.