Busca avançada
Ano de início
Entree

Inserção e tratamento de aspectos interculturais no processo de elaboração de um dicionário para aprendizes brasileiros de italiano como língua estrangeira

Processo: 11/21188-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Línguas Estrangeiras Modernas
Pesquisador responsável:Paola Giustina Baccin
Beneficiário:Paola Giustina Baccin
Anfitrião: Elisabetta Pavan
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università Ca' Foscari Venezia, Itália  
Assunto(s):Língua italiana   Dicionários bilíngues   Lexicografia

Resumo

Este projeto de pesquisa é fruto do trabalho realizado como coordenadora do projeto Cantiere di Parole, um dicionário pedagógico português - italiano, online, de acesso gratuito, com vistas à produção de textos e à aprendizagem do léxico em língua italiana para alunos brasileiros. O dicionário pedagógico voltado para a produção tem duas funções primordiais que devem receber um tratamento adequado, de forma que uma não prejudique a outra: 1. responder de forma imediata às dúvidas de léxico durante a produção textual sem interromper o fluxo do pensamento; 2. fornecer informações lexicográficas complementares para ajudar o aluno-consulente na escolha do equivalente mais adequado e oferecer subsídios para pesquisa e ampliação do léxico "navegando" pelo dicionário. Ao tentar estabelecer os equivalentes em língua italiana para as unidades lexicais relativas ao campo semântico da habitação, constatou-se que as soluções de moradia de cada cultura diferem entre si. Há diferenças desde o aspecto da habitação, a quantidade e a utilidade de cada cômodo até a quantidade e escolha dos móveis e utensílios. A riqueza do material coletado despertou-me o interesse de refletir sobre os aspectos interculturais presentes no léxico. Acredito que, ao compreender o papel da competência comunicativa intercultural (CCIC) no ensino e aprendizagem do italiano como língua estrangeira, poderei selecionar e tratar essas informações de maneira lexicograficamente mais adequada, de modo que o aluno possa recuperá-las no dicionário no momento de seu estudo autônomo. (AU)