Busca avançada
Ano de início
Entree

Materiais híbridos contendo Nanopartículas de ZnO dopadas com Mn ou co para liberação controlada de fármacos

Processo: 11/19253-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Celso Valentim Santilli
Beneficiário:Bruno Leonardo Caetano
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/10384-0 - Materiais híbridos contendo nanopartículas de ZnO dopadas com Mn ou co para liberação controlada de fármacos: caracterização magnética e aplicações dos sistemas como fonte de hipertermia, BE.EP.PD
Assunto(s):Desenvolvimento de novos materiais   Óxido de zinco   Magnetismo   Materiais híbridos   Luminescência

Resumo

Este projeto consiste na preparação e caracterização de dispositivos de liberação controlada de fármacos utilizando matrizes hibridas siloxano poliéter contendo nanopartículas de ZnO dopadas com Mn ou Co. Matrizes hibridas siloxano poliéter apresentam propriedades únicas como elevada resistência mecânica, transparência e flexibilidade sendo um material de grande potencial para varias áreas cientificas e tecnológicas, incluído o uso em dispositivos de liberação controlada de farmoquímicos. Nanopartículas semicondutoras de ZnO despertaram grande interesse dos pesquisadores devido as suas propriedades eletrônicas, luminescentes, catalíticas, de conversão de energia e optoeletrônicas. Outro fato relevante é a possibilidade de dopagem deste semicondutor com elementos magnéticos originando uma nova classe de materiais conhecidos como semicondutores magnéticos diluídos (SMD), um material multifuncional com propriedades magnéticas e óticas. A proposta de trabalho aqui descrita visa preparar um dispositivo de liberação controlada de fármacos conjugando as propriedades individuais de cada componente num mesmo material, usando as propriedades magnéticas dos SMD para guiar o dispositivo de liberação de droga até o órgão doente, e as propriedades luminescentes do ZnO para monitorar a posição do dispositivo dentro do corpo humano.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAETANO, B. L.; GUIBERT, C.; FINI, R.; FRESNAIS, J.; PULCINELLI, S. H.; MENAGER, C.; SANTILLI, C. V. Magnetic hyperthermia-induced drug release from ureasil-PEO-gamma-Fe2O3 nanocomposites. RSC ADVANCES, v. 6, n. 68, p. 63291-63295, 2016. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.