Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação do equilíbrio e da atividade eletromiográfica entre idosos praticantes e não praticantes de atividade esportiva

Processo: 11/20079-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Marcos Eduardo Scheicher
Beneficiário:Letícia Mendes de Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento   Equilíbrio postural   Atividade física   Eletromiografia   Idosos

Resumo

A população de idosos é, atualmente, a que mais cresce no mundo, projetando-se para 2025 uma população brasileira de 1,2 bilhões de idosos, que classifica o Brasil como sexto país com maior população idosa do planeta. Esse novo contexto social implica em uma maior atenção destinada a este grupo, sendo um dos maiores desafios, promover medidas em saúde adequadas. Entre as medidas de maior significado, a prática regular de exercícios físicos tem se destacado como agente na redução e prevenção de doenças e recomendado pelos Conselhos de Medicina e Medicina do Esporte, criando-se então, o envelhecimento ativo. Como fatores essenciais na manutenção da independência do idoso estão o equilíbrio e a integridade muscular que, em um conjunto complexo de fatores, agem diretamente sobre a sua locomoção e realização das atividades de vida diária. Objetivo: Comparar a atividade eletromiográfica dos músculos Gastrocnêmio, Tibial Anterior e Vasto Lateral e os resultados obtidos na Escala de Equilíbrio de Berg em um grupo praticante de atividade esportiva, um grupo ativo e um grupo de sedentários e correlacionar com a prática de esporte. Metodologia: a população avaliada irá constar de 60 idosos, sendo 40 idosos ativos, dentre esses, 20 idosos praticantes de atividade esportiva, 20 somente ativos e 20 idosos sedentários. A Eletromiografia de Superfície irá mensurar a atividade elétrica dos músculos e a Escala de Equilíbrio Funcional de Berg é preditora de risco de quedas na população idosa. Serão adotados os testes estatísticos apropriados para a comparação das variáveis. Em todos os testes estatísticos será adotado o nível de significância de p d 0,05. (AU)