Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel do polimorfismo i/d do gene da eca e do diabetes sobre os sistemas renina angiotensina e calicreína cinina em tecido renal

Processo: 11/14548-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Dulce Elena Casarini
Beneficiário:Nádia de Sousa da Cunha Bertoncello
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/51904-9 - Sistema renina angiotensina e calicreina cininas na hipertensão, obesidade, diabetes, desnutrição e sepses: mecanismos moleculares, celulares e fisiopatológicos, AP.TEM
Assunto(s):Nefrologia   Nefropatias diabéticas   Diabetes mellitus   Sistema renina-angiotensina   Sistema calicreína-cinina

Resumo

Nos últimos anos, grande esforço tem sido direcionado não só ao entendimento do genoma humano, mas também à investigação de genes candidatos que possam influenciar o desenvolvimento ou progressão de desordens humanas freqüentes e complexas, como o câncer, a hipertensão arterial e o diabetes mellitus (DM). Sabe-se que a nefropatia diabética acomete 30-50% dos pacientes diabéticos tipo I, e aproximadamente 10-40% dos diabéticos tipo II que manifestam a doença há mais de 10-20 anos. Esta complicação é uma das principais causas de doença renal terminal, aumentando em pelo menos três vezes o risco para o desenvolvimento de doença cardiovascular nestes pacientes. Já foi demonstrado que a hiperglicemia crônica não é a única causa responsável pelas complicações renais; fatores genéticos desempenham importante papel. Neste sentido, estudos populacionais em famílias mostram forte associação entre nefropatia diabética e o polimorfismo de inserção / deleção (I/D) no íntron 16 do gene da enzima conversora de angiotensina (ECA), resultando em diferenças nas concentrações plasmática e tecidual de ECA (I/I, 76%; I/D, 100%; D/D, 126% em média). Além disto, estudos demonstraram que o sistema renina angiotensina (SRA) presente no interior dos glomérulos e dos túbulos proximais pode ser ativado pela hiperglicemia, levando ao aumento da síntese de angiotensina II. Por outro lado, sabe-se que a bradicinina (1-9) exerce ação moduladora sobre os efeitos causados pela angiotensina II e desta forma, em virtude de um desequilíbrio entre os sistemas SRA e calicreína-cinina, a bradicinina pode estar envolvida no processo de instalação e desenvolvimento da nefropatia diabética. Sendo assim, o objetivo do presente estudo será avaliar, in vivo, a interação entre o ambiente rico em glicose e o polimorfismo do gene da ECA, bem como a influência de ambos sobre os componentes do SRA e bradicinina renais, contribuindo para o entendimento dos mecanismos envolvidos no processo de esclerose glomerular e otimização do tratamento dos pacientes.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BERTONCELLO, NADIA; MOREIRA, ROSELI PERES; ARITA, DANIELLE YURI; ARAGAO, DANIELLE S.; MIZUNO WATANABE, INGRID KAZUE; DANTAS, PATRICIA S.; SANTOS, RALMONY; MATTAR-ROSA, RODOLFO; YOKOTA, RODRIGO; CUNHA, TATIANA SOUSA; CASARINI, DULCE ELENA. Diabetic Nephropathy Induced by Increased Ace Gene Dosage Is Associated with High Renal Levels of Angiotensin (1-7) and Bradykinin. JOURNAL OF DIABETES RESEARCH, 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.