Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da contribuição de compostos orgânicos nos aerossóis de origem veicular da Cidade de São Paulo

Processo: 11/17754-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2011
Vigência (Término): 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Maria de Fátima Andrade
Beneficiário:Beatriz Sayuri Oyama
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/58104-8 - Narrowing the uncertainties on aerosol and climate changes in São Paulo State: NUANCES-SPS, AP.PFPMCG.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):12/21456-0 - Estudo da contribuição de compostos orgânicos nos aerossóis de origem veicular da Cidade de São Paulo, BE.EP.DR
Assunto(s):Poluição atmosférica   Aerossóis

Resumo

Embora existam muitos estudos sobre o aerossol atmosférico, como sua interação com a radiação, participação nos processos de formação de nuvem, e ainda na parte química: caracterização da composição elementar bem como sua estrutura física; muito pouco se sabe sobre sua fração orgânica. Ainda há muita incerteza nas fontes de aerossol orgânico na atmosfera, o que interfere diretamente em resultados obtidos de modelos globais e ainda nos inventários de emissões de poluentes. Por isso a presente proposta tem por objetivo analisar a fração de compostos orgânicos (identificação de fontes, grupos, assinaturas) existentes no material particulado na atmosfera de São Paulo. As amostras de aerossóis serão analisadas na Universidade de Utrecht, onde há um renomado grupo de pesquisa voltado para o estudo do aerossol. O trabalho dar-se-á sob a orientação da Profa. Dra. Maria de Fátima Andrade e com a colaboração dos Prof. Dr. Thomas Röckmann e do Dr. Rupert Holzinger da Universidade de Utrecht, na Holanda. Um novo equipamento para análise de aerossol orgânico foi adaptado por este grupo para o estudo desta fração do material, mostrando-se eficiente na identificação de compostos orgânicos: mais espécies são identificadas se comparado com equipamentos que se propõe ao mesmo objetivo, além do aumento da sensibilidade. Esse projeto torna-se importante para um estudo mais aprofundado com relação à mudança de combustíveis convencionais por bio-combustíveis (o que altera o perfil das emissões), além da colaboração firmada entre as duas universidades, Universidade de São Paulo e Universidade de Utrecht. A última disponibilizaria além do equipamento, o treinamento e capacitação da doutoranda que traria avanços no estudo do aerossol orgânico no Brasil.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OYAMA, BEATRIZ SAYURI; ANDRADE, MARIA DE FATIMA; HERCKES, PIERRE; DUSEK, ULRIKE; ROCKMANN, THOMAS; HOLZINGER, RUPERT. Chemical characterization of organic particulate matter from on-road traffic in Sao Paulo, Brazil. Atmospheric Chemistry and Physics, v. 16, n. 22, p. 14397-14408, NOV 18 2016. Citações Web of Science: 9.
DUSEK, U.; MEUSINGER, C.; OYAMA, B.; RAMON, W.; DE WILDE, P. A.; HOLZINGER, R.; ROCKMANN, T. A thermal desorption system for measuring delta C-13 ratios on organic aerosol. JOURNAL OF AEROSOL SCIENCE, v. 66, p. 72-82, DEC 2013. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.