Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do licopeno sobre o estresse oxidativo, processo inflamatório e resistência à insulina no tecido adiposo de animais com sobrecarga nutricional

Processo: 11/19847-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Camila Renata Corrêa
Beneficiário:Érika Imaizumi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Tecido adiposo   Obesidade   Resistência à insulina

Resumo

Um dos fatores desencadeadores da disfunção do tecido adiposo, que pode conduzir à resistência à insulina, é o estresse oxidativo. Licopeno é um potente antioxidante que parece contribuir para a atenuação desse processo. Entretanto, discute-se se a terapia com licopeno minimiza ou inibe a disfunção do adipócito, em condição de sobrecarga nutricional, diminuindo o processo inflamatório e a resistência à insulina. O objetivo do estudo é analisar o efeito da suplementação de licopeno em relação ao estresse oxidativo, processo inflamatório e resistência à insulina no tecido adiposo de ratos submetidos à sobrecarga nutricional. Serão utilizados ratos Wistar machos (n=28), divididos em dois grupos para receberem dieta controle (C) e hipercalórica (H) por 6 semanas. Após este período, os animais serão divididos em 4 grupos: C (n=7), C suplementado com licopeno (C+L; n=7), H (n=7), e H suplementado com licopeno (H+L; n=7). Será utilizado o Licopeno óleo-resina misturado com óleo de milho (10 mg licopeno/Kg peso do animal/dia) e para os grupos não tratados (C e H) será administrado apenas o óleo de milho, ambos via gavagem, por 6 semanas. O consumo das dietas e a ingestão calórica serão registrados diariamente, o peso corporal será aferido semanalmente. Amostras de sangue serão coletadas para as determinações séricas bioquímicas, inflamatórias e hormonais. A aferição do estado antioxidante será feita pelo método TAP, a produção de espécies reativas será analisada indiretamente pela presença do produto final da peroxidação lipídica malondialdeído. A presença de células inflamatórias, no tecido adiposo, será verificada histologicamente, a expressão gênica (MCP-1, TNF-± e IRS-1) será realizada por meio de PCR em tempo real e a expressão protéica (IRS-1) pelo método de Western Blotting. Os dados serão expressos por meio de medidas descritivas de posição e variabilidade. A comparação entre os grupos será realizada pela técnica ANOVA complementada com o teste de Tukey. O nível de significância considerado para todas as variâncias será de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MELO LUVIZOTTO, RENATA DE AZEVEDO; NASCIMENTO, ANDRE F.; IMAIZUMI, ERIKA; PIERINE, DAMIANA T.; CONDE, SANDRO J.; CORREA, CAMILA R.; YEUM, KYUNG-JIN; FERREIRA, ANA LUCIA A. Lycopene supplementation modulates plasma concentrations and epididymal adipose tissue mRNA of leptin, resistin and IL-6 in diet-induced obese rats. BRITISH JOURNAL OF NUTRITION, v. 110, n. 10, p. 1803-1809, NOV 28 2013. Citações Web of Science: 27.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.