Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da territorialidade e da área de vida de quatro pequenos mamíferos do Planalto Atlântico Paulista

Processo: 11/19791-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Thomas Puettker
Beneficiário:Gabriela de Lima Marin
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Marsupialia   Mata Atlântica   Roedores

Resumo

A área de vida de um animal pode ser influenciada por diferentes fatores, tais como: massa corpórea, sexo, grau de especialização, densidade populacional ou qualidade do habitat. Do mesmo modo, tanto o comportamento do indivíduo (ex. territorialidade), quanto mudanças na estrutura espacial do habitat (ex. fragmentação) podem afetar a área de vida. Apesar da importância de conhecer sobre o efeito desses fatores para o entendimento da resposta de espécies à fragmentação, dados sobre esses aspectos dos pequenos mamíferos da Mata Atlântica são escassos. Este projeto tem por objetivo estudar o comportamento territorial e a influência da fragmentação, da densidade e do grau da especialização de habitat sobre a área de vida de quatro espécies de pequenos mamíferos: Akodon montensis, Delomys sublineatus, Euryoryzomys russatus e Marmosops incanus. Para atingir tais objetivos, será utilizado um banco de dados obtido com método de captura e recaptura em 9 grades de 2 ha. cada em mata contínua e em fragmentos de mata do Planalto Atlântico Paulista, ao longo de 20 meses. O estudo será realizado através da análise da sobreposição de áreas de vida e da análise de modelos lineares, investigando a influência das variáveis independentes densidade populacional, fragmentação, grau de especialização e territorialidade na variável dependente área de vida.