Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do transcriptoma de sementes de Solanum lycocarpum durante a indução de tolerância a estresse térmico e déficit hídrico.

Processo: 11/18262-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Edvaldo Aparecido Amaral da Silva
Beneficiário:Pedro Bento da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):DNA complementar   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Estresse abiótico

Resumo

O condicionamento fisiológico das sementes confere maior velocidade e uniformidade de germinação, além conferir maior tolerância às plântulas, durante o estabelecimento e desenvolvimento, às condições de estresse. Embora existam estes relatos na literatura sobre a eficiência da técnica, ainda não poucas as informações sobre a identificação de genes diferencialmente expressos durante o condicionamento fisiológico. Portanto, este trabalho tem como objetivo o de estudar a expressão gênica em sementes de Solanum lycocarpum submetida e não ao condicionamento fisiológico. Solanum lycocarpum é nativa do bioma Cerrado, pertence à família Solanaceae e possui alta tolerância as condições de estresse ambiental. Além disso, esta espécies pertence a mesma família do tomate, da batata, da berinjela e que são espécies conhecidas, principalmente, por sua grande importância econômica. O projeto será realizado no Departamento de Produção Vegetal da UNESP de Botucatu-SP. Na primeira etapa será feita a indução a tolerância a estresse térmico e hídrico usando diferentes concentrações de PEG-8000, seguido da caracterização fisiológicas dos tratamentos. Na segunda etapa, serão realizadas as análises moleculares através da extração do RNA das sementes, construção de cDNAs e hibridização em microarranjo (microarrays). Na terceira etapa será feita a validação dos genes associados com tolerância a estresse térmico e déficit hídrico pela técnica de PCR em tempo real. As médias obtidas nas análises fisiológicas e moleculares serão comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Pedro Bento da. Estudos do transcriptoma de sementes de Solanum paniculatum L. submetidas ao déficir hídrico durante a germinação. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agronômicas (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.