Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da modulação da chaperona molecular Hsp90 através da caracterização de interações com co-chaperonas, proteínas clientes, ligantes e de modificações pós-traducionais

Processo: 11/18611-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2011
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Inacio Ramos
Beneficiário:Lisandra Marques Gava Borges
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Proteínas   Proteínas de choque térmico HSP90   Chaperonas moleculares   Espectroscopia

Resumo

A função biológica das proteínas está relacionada à sua estrutura tridimensional adquirida pelo processo de enovelamento proteico. Neste contexto, proteínas denominadas, genericamente, de chaperonas moleculares exercem papel fundamental atuando no auxílio do enovelamento correto, no reenovelamento e na dissociação de agregados proteicos. A Hsp90 é uma das chaperonas moleculares mais importantes, é essencial para a viabilidade celular em eucariotos e está normalmente associada a proteínas atuantes no ciclo e sinalização celular, o que torna essa chaperona um alvo bastante interessante para abordagens terapêuticas de diversas doenças. A Hsp90 pode ter sua atividade modulada por co-chaperonas diversas, proteínas clientes, interação com ligantes e modificações pós-traducionais. Assim, o estudo desses moduladores da Hsp90 pode elucidar muitas questões ainda abertas acerca do funcionamento e regulação da Hsp90. O escopo desse projeto é a busca por informações acerca de co-chaperonas e proteínas clientes da Hsp90 envolvidas no ciclo celular e na regulação transcricional/remodelagem de cromatina. Serão estudadas, as co-chaperona p23 e suas variantes, Pih1 e Tah1; e as proteínas clientes Wee1 e CDKs. Como objetivos temos também o estudo da interação de Hsp90 com os ligantes curcumina e galato de epigalocatequina, e caracterização de modificações pós-traducionais em Hsp90. Serão aplicadas técnicas espectroscópicas como dicroísmo circular e fluorescência, técnicas hidrodinâmicas como espalhamento dinâmico de luz, SEC-MALS e ultracentrifugação analíticas, técnicas calorimétricas como calorimetria de varredura diferencial e por titulação isotérmica e também a técnica de espalhamento de raios X a baixos ângulos. Assim pretendemos ampliar o conhecimento acerca da modulação da Hsp90.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.