Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação do interatoma, caracterização funcional e outras localizações intracelulares da triparedoxina peroxidase mitocondrial do Trypanosoma Cruzi

Processo: 11/19872-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Fernanda Ramos Gadelha
Beneficiário:Eduardo de Figueiredo Peloso
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Mitocôndrias   Estresse oxidativo   Trypanosoma cruzi

Resumo

Dentre as proteínas do sistema antioxidante de Trypanosoma cruzi, exclusivo aos tripanossomatídeos, as triparedoxinas peroxidases citosólica e mitocondrial (TcCPx e TcMPx, respectivamente) desempenham um importante papel na virulência e viabilidade do parasita. O sistema antioxidante citosólico foi elucidado, mas seus principais componentes, como a triparedoxina ou a tripanotiona não foram identificados na mitocôndria. Neste sentido, como o sistema antioxidante mitocondrial atua é ainda alvo de grande debate. Análises de bioinformática, experimentos de imunolocalização e de bioenergética mitocondrial realizados pelo nosso grupo, sugerem que a TcMPx esteja localizada no citosol e na membrana mitocondrial, o que permitiria a sua interação com o sistema citosólico dependente da tripanotiona. Adicionalmente, uma banda mais pesada (28kDa) da TcMPx foi detectada por immunoblotting sendo mais expressa em condições de estresse oxidativo. Assim, este projeto tem por objetivos: determinar a exata localização intracelular da TcMPx, o seu interatoma, especificar qual domínio da TcMPx, N- ou C-terminal, está voltado para o citosol, verificar uma possível migração desta enzima em condição de estresse oxidativo e seqüenciar a proteína de 28kDa. Os resultados obtidos esclarecerão as estratégias usadas pelo parasita na detoxificação de hidroperóxidos dependente da TcMPx e o possível papel dessa proteína na bioenergética mitocondrial. Nesse sentido, novos alvos terapêuticos serão identificados que poderão levar ao desenvolvimento de uma terapia mais específica, e, portanto menos tóxica ao hospedeiro vertebrado.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DIAS, L.; PELOSO, E. F.; LEME, A. F. P.; CARNIELLI, C. M.; PEREIRA, C. N.; WERNECK, C. C.; GUERRERO, S.; GADELHA, F. R. Trypanosoma cruzi tryparedoxin II interacts with different peroxiredoxins under physiological and oxidative stress conditions. Experimental Parasitology, v. 184, p. 1-10, JAN 2018. Citações Web of Science: 0.
PELOSO, E. F.; DIAS, L.; QUEIROZ, R. M. L.; LEME, A. F. P. PAES; PEREIRA, C. N.; CARNIELLI, C. M.; WERNECK, C. C.; SOUSA, M. V.; RICART, C. A. O.; GADELHA, F. R. Trypanosoma cruzi mitochondrial tryparedoxin peroxidase is located throughout the cell and its pull down provides one step towards the understanding of its mechanism of action. BIOCHIMICA ET BIOPHYSICA ACTA-PROTEINS AND PROTEOMICS, v. 1864, n. 1, p. 1-10, JAN 2016. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.