Busca avançada
Ano de início
Entree

Geocronologia da Evolução Geomorfológica da Porção Centro-Ocidental da Depressão Periférica Paulista

Processo: 11/21491-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 19 de maio de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Archimedes Perez Filho
Beneficiário:Renê Lepiani Dias
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Quaternário   Geomorfologia

Resumo

O relevo do Estado de São Paulo é compartimentado em cinco províncias geomorfológicas que são caracterizadas a partir de sua gênese, estrutura e base litológica. A Depressão Periférica Paulista corresponde a uma dessas províncias, possui a forma de um corredor de topografia colinosa de aproximadamente 50 Km de largura, estando localizada entre duas outras províncias geomorfológicas a região das Cuesta e as elevações cristalinas do Planalto Atlântico.O estudo proposto pretende identificar e interpretar as superfícies de aplainamento, definidas por Penteado (1968), através da datação e correlação das superfícies de Cimeira, Neogênica I, Neogênica II, dos altos e dos baixos terraços fluviais, utilizando a técnica Luminescência Opticamente Estimulada (LOE) em diferentes materiais de formação de solos localizados em áreas das respectivas superfícies, exceto da superfície de Cimeira já datada através de depósitos correlativos. Esta técnica permite atribuir a períodos específicos da evolução terrestre a origem de determinadas condições climáticas conhecidas ou modeladas, através da datação absoluta do material superficial (80 a 100 cm de profundidade).Os resultados obtidos permitirão traçar relações entre a gênese de tais formas, e possíveis condições ambientais pretéritas, em que o clima se encontrava em condições de semi-aridez e o posterior entalhamento do canal fluvial em condições quentes e úmidas. Deste modo, será possível construir um cenário regionalizado das oscilações climáticas que ocorreram durante o final do Terciário e do Quaternário, levando-se em consideração a influência de atividades neotectônicas na elaboração de tais formas de relevo. Deste modo, este estudo pretende contribuir para as discussões sobre a gênese de formas de relevo e sua correspondência com oscilações climáticas ocorridas em período recente da escala de tempo da natureza.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DIAS, Renê Lepiani. Geocronologia da cobertura superficial em níveis geomorfológicos do setor centro-ocidental na Depressão Periférica Paulista. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.