Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos da fisiopatologia da sepse em Piaractus mesopotamicus induzida por Aeromonas hydrophila

Processo: 11/20280-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Flávio Ruas de Moraes
Beneficiário:Gustavo da Silva Claudiano
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Citocinas   Inflamação   Expressão gênica

Resumo

A sepse é definida como síndrome da resposta inflamatória sistêmica que ocorre durante a infecção. Embora seja uma das principais causas de mortalidade em peixes, há escassez de literatura sobre a fisiopatologia da sepse em teleósteos. Assim, este estudo pretende avaliar e caracterizar as alterações fisiopatológicas e histológicas da sepse, identificando e quantificando a expressão gênica do fator de necrose tumoral ± e da interleucina 1 na sepse induzida pela Aeromonas hydrophila em pacus, e a inflamação aguda na bexiga natatória sob a influência do quadro séptico. Para tanto, serão utilizados 260 pacus, Piaractus mesopotamicus, com peso médio de 150,71±26,73g e comprimento total médio de 15,27 ±1,60 cm. Inicialmente será feito a padronização do inóculo, pela determinação da concentração bacteriana letal para 50,0% dos peixes (CL50). A sepse será induzida pela administração intracelomática do inóculo correspondente a CL50 de A. hydrophila. Os animais serão divididos em dois grupos, um receberá 0,5 ml de solução NaCl (grupo controle) e outro grupo receberá o mesmo volume contendo o inóculo (grupo desafio) em delineamento inteiramente casualizado. Antes, meia, uma e duas horas após a inoculação serão caracterizados o perfil hematológico, bioquímico e o coagulograma do hospedeiro. Para a caracterização das alterações histopatológicas, fragmentos de fígado, baço, rim, coração e brânquias serão coletados ao término dos tempos seis, 12, 24 e 48 horas após a indução da sepse. A determinação da expressão gênica do fator de necrose tumoral (TNF-±) e interleucina 1 (IL-1), ocorrerá após 24 horas da indução da sepse, pelo método transcrição reversa-reação em cadeia da polimerase (PCR) em tempo real. Imediatamente após a indução da sepse será injetado na bexiga natatória o estímulo inflamatório com tioglicolato a 6 % em solução salina 0,65 % e depois de seis, 12, 24 e 48 horas após estimulo, será coletado o exsudato para a contagem total e diferencial das células acumuladas na bexiga natatória. As bactérias serão quantificadas no sangue no exsudato. Durante todo o experimento os animais serão avaliados quanto às alterações clínicas e a taxa de mortalidade será avaliada durante o período de infecção pelo prazo máximo de observação de 10 dias. Os resultados serão comparados através de análise de variância (ANOVA) ao nível de 5% de probabilidade e a diferença entre as médias será comparada pelo teste de Tuckey.

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CLAUDIANO, GUSTAVO S.; ANDRADE, SONIA C. S.; SOUZA, ELAINE C.; YUNIS-AGUINAGA, JEFFERSON; COUTINHO, LUIZ L.; MOREIRA, DEBORA K. T.; GONCALVES, FELIPE C.; MUNDIM, ANTONIO V.; MARZOCCHI-MACHADO, CLENI M.; DE MORAES, FLAVIO R.; MORAES, JULIETA R. E. Role of neuroendocrine modulation and biochemistry in the sepsis in Piaractus mesopotamicus. General and Comparative Endocrinology, v. 288, MAR 1 2020. Citações Web of Science: 1.
MARINHO-NETO, FAUSTO A.; CLAUDIANO, GUSTAVO S.; YUNIS-AGUINAGA, JEFFERSON; CUEVA-QUIROZ, VICTOR A.; KOBASHIGAWA, KARINA K.; CRUZ, NATHAN R. N.; MORAES, FLAVIO R.; MORAES, JULIETA R. E. Morphological, microbiological and ultrastructural aspects of sepsis by Aeromonas hydrophila in Piaractus mesopotamicus. PLoS One, v. 14, n. 9 SEP 20 2019. Citações Web of Science: 4.
CLAUDIANO, GUSTAVO S.; YUNIS-AGUINAGA, JEFFERSON; MARINHO-NETO, FAUSTO A.; MIRANDA, RENATA L.; MARTINS, ISABELA M.; OTANI, FABRIZIA S.; MUNDIM, V, ANTONIO; MARZOCCHI-MACHADO, CLENI M.; MORAES, JULIETA R. E.; DE MORAES, FLAVIO RUAS. Hematological and immune changes in Piaractus mesopotamicus in the sepsis induced by Aeromonas hydrophila. FISH & SHELLFISH IMMUNOLOGY, v. 88, p. 259-265, MAY 2019. Citações Web of Science: 3.
ENGRACIA FILHO, J. R.; SHIMADA, M. T.; YUNIS-AGUINAGA, J.; RAMOS-ESPINOZA, F. C.; MORAES, F. R.; MORAES, J. R. E. Deformities in reared cobia, Rachycentron canadum L. and grouper, Epinephelus marginatus, in Sao Paulo state coast, Brazil: case report. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 70, n. 5, p. 1565-1568, SEP-OCT 2018. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CLAUDIANO, Gustavo da Silva. Aspectos da fisiopatologia da sepse em Piaractus mesopotamicus induzida por Aeromonas hydrophila. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.