Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial anti-inflamatório e antinociceptivo do extrato de bagaço de uva: variedade Petit Verdot

Processo: 11/20934-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Carina Denny
Beneficiário:Josy Goldoni Lazarini
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Uva   Farmacologia   Bagaços   Resíduos agroindustriais
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:anti-inflamatorio | antinociceptivo | Bagaço | petit verdot | resíduos | Uva | Farmacologia

Resumo

O Brasil devido a sua grande produção agrícola é um dos países que mais produz resíduos agroindustriais no mundo e observa-se um interesse crescente na busca de alternativas para a utilização da matéria orgânica gerada, que atualmente tem sido fonte de poluição do meio ambiente. A indústria vinícola tem gerado um grande volume de resíduos que podem constituir um exemplo de material de baixo custo e boa rentabilidade; além de conter substâncias bioativas de alto valor comercial. O presente projeto tem por objetivo avaliar a atividade anti-inflamatória e antinociceptiva do extrato de bagaço de uva (variedade Petit Verdot), valorizando esse material poluidor como fonte alternativa na obtenção de matérias-primas que possam ser utilizadas no desenvolvimento de novos fármacos. O bagaço da uva será liofilizado e colocado em contato com uma mistura de etanol e água (80:20). Em seguida o material será filtrado, o solvente evaporado e o extrato hidroalcoólico liofilizado e armazenado à -18ºC. A avaliação química será realizada por cromatografia de camada delgada, cromatografia líquida de alta performance e cromatografia gasosa com espectrometria de massas. A avaliação da atividade anti-inflamatória do extrato será realizada através do modelo de edema de pata induzido por carragenina e migração leucocitária induzida por carragenina e a atividade antinociceptiva através dos testes de contorções abdominais induzidas por ácido acético e teste de algesia induzida por calor. Espera-se através desse projeto contribuir com resultados importantes do perfil químico e da atividade farmacológica do bagaço dessa variedade de uva, valorizando essa matéria orgânica considerada uma fonte poluidora do meio ambiente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)