Busca avançada
Ano de início
Entree

Cowpea aphid-borne mosaic vírus e o seu efeito no metabolismo secundário do maracujazeiro (Passiflora edulis Sims F. flavicarpa Deg.)

Processo: 11/03669-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Marcelo Eiras
Beneficiário:Armando Toshikatsu Tomomitsu
Instituição-sede: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Virose vegetal   Vírus de plantas   Fitoquímica   Maracujá   Alcaloides   Flavonoides

Resumo

O maracujá-amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg.), além de ser consumido in natura e seus frutos serem utilizados na produção de suco concentrado, é conhecido na medicina popular devido às suas propriedades farmacológicas. Muitas dessas propriedades são determinadas por metabólitos secundários específicos como alcaloides e flavonoides. O "endurecimento dos frutos do maracujazeiro", induzido pelo Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV), é a virose mais importante que afeta esta cultura no Brasil, tem levado os produtores a migrar para novas regiões ou abandonar o seu cultivo. O CABMV induz o endurecimento do pericarpo, impedindo os frutos de serem comercializados gerando quebra na produção e prejuízos econômicos. A não disponibilidade de variedades de maracujazeiro resistentes ao CABMV tem levantado a possibilidade de desenvolvimento de outras táticas de manejo da cultura, principalmente levando-se em conta o convívio com a doença no campo. Na literatura, não há trabalhos publicados que abordam a influência da infecção viral sobre os metabólitos secundários do maracujazeiro, e são raros os artigos científicos sobre o efeito dos metabólitos em outros sistemas vírus x plantas hospedeiras. Portanto, devido aos poucos trabalhos publicados e a falta de informação sobre a influência da infecção viral na produção de metabólitos secundários, o presente projeto tem como objetivos: (i) avaliar a influência da infecção do CABMV sobre o metabolismo secundário em folhas do maracujazeiro-amarelo, por meio de extrações e análises de flavonoides e alcaloides, a partir de folhas; (ii) identificar e caracterizar o isolado viral de CABMV e determinar a sua maior concentração em maracujá-amarelo. O desenvolvimento do projeto tem também como meta gerar conhecimento da viabilidade do cultivo de maracujazeiro para a exploração comercial de princípios ativos de interesse farmacológico, a partir de folhas, mesmo após a entrada do vírus no sistema produtivo.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.