Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito imunomodulador de baixas concentrações de antineoplásicos

Processo: 11/05258-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Ramon Kaneno
Beneficiário:Juliana Cristina Longo Frederico
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Cólon   Quimioterapia   Células dendríticas   Neoplasias   Imunomodulação

Resumo

Estudos prévios do grupo demonstraram que o tratamento de células de câncer colorretal humano HCT-116 com concentrações não-tóxicas das drogas antineoplásicas paclitaxel (PAC) ou doxorrubicina (DOX) induz alterações na transcrição de uma ampla variedade de genes. O tratamento foi também capaz de tornar as células tumorais mais imunogênicas, bem como mais sensíveis à atividade de células T citotóxicas (CTL) geradas in vitro. Entre os genes, cuja transcrição foi aumentada pelo pré-tratamento empregado, encontram-se os responsáveis pela expressão das proteínas de choque térmico (HSP40 e HSP70). As HSPs são chaperones que dirigem a cross-presentation de peptídeos antigênicos associados às moléculas de classe I e podem atuar como ativadores de células imunocompetentes, desempenhando importante papel na ativação de macrófagos e linfócitos, e na ativação e maturação de células dendríticas (DCs). Assim, no presente trabalho avaliaremos se as alterações transcricionais dos genes de HSPs, previamente detectadas por DNA microarray, se traduzem no aumento da expressão das proteínas. Confirmado o fenômeno, testaremos a hipótese de que o aumento da imunogenicidade das células de câncer colorretal é decorrente do aumento da expressão das HSPs. Com esse propósito, células tumorais HCT-116 e HT-29 serão tratadas com concentrações efetivas mínimas (CEM; concentrações citostáticas) e concentrações não-tóxicas (CNT) de 5-fluorouracil (5-FU) ou PAC, e serão submetidas à análise semi-quantitativa da expressão de HSP40 e HSP70 pelo método de dot-blot e à análise qualitativa através de ensaio imunocitoquímico. As células tratadas com essas drogas serão usadas para sensibilizar DCs humanas geradas a partir de monócitos de sangue periférico de doadores normais, para avaliar o efeito da expressão das HSPs sobre a função das DCs.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE CAMARGO, MARCELA RODRIGUES; GORGULHO, CAROLINA MENDONCA; RODRIGUES, CECILIA PESSOA; PENITENTI, MARCIMARA; LONGO FREDERICO, JULIANA CRISTINA; MARCHESAN RODRIGUES, MARIA APARECIDA; KANENO, RAMON. Low Concentration of 5-Fluorouracil Increases the Effectiveness of Tumor RNA to Activate Murine Dendritic Cells. CANCER BIOTHERAPY AND RADIOPHARMACEUTICALS, v. 32, n. 8, p. 302-308, OCT 2017. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FREDERICO, Juliana Cristina Longo. Efeito imunomodulador de baixas concentrações de antineoplásicos. 2013. 55 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.