Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da influência da sinalização de Receptores Toll-Like (TLRs) e do gene MyD88 na regeneração neuronal do epitélio olfatório

Processo: 11/13134-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Isaias Glezer
Beneficiário:Umberto Crisafulli
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/53732-8 - Estudo da regeneração celular pós-lesão no sistema nervoso e avaliação da contribuição e dos aspectos funcionais de genes ligados à resposta imune inata, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):12/21854-5 - Investigação do papel regulatório da enzima degradadora de insulina (IDe) na regeneração de neurônios sensoriais olfatórios, BE.EP.DD
Assunto(s):Neurociências   Regeneração nervosa   Mucosa olfatória   Receptores toll-like   Resposta imune   Expressão gênica   Modelos animais

Resumo

O Sistema Nervoso (SN) é utilizado pelos animais como mecanismo de interação com o ambiente. Sua fragilidade o sujeita a lesões geralmente reversíveis devido à sua limitada capacidade regenerativa. As células do sistema imune participam ativamente no processo regenerativo pós-lesão do encéfalo. Uma de suas funções é mediar a resposta imune inata através da ativação de receptores que atuam na detecção de padrões moleculares associados a patógenos (PAMPs). Entre eles, foram recentemente caracterizados os receptores de membrana da família Toll-like Receptors (TLRs). Estes associam-se a moléculas adaptadoras intracelulares que desencadeiam uma sinalização inflamatória para a neutralização e eliminação de patógenos, bem como a recuperação e modificação do tecido atingido. Nossos estudos indicam que a molécula adaptadora Myd88 retarda a neuroregeneração do tecido nervoso do Epitélio Olfatório (OE) de camundongos. Para um melhor entendimento dos mecanismos envolvidos, caracterizaremos o perfil de expressão gênica relacionado à melhor regeneração nervosa. Somado a isto, associaremos a análise do impacto de estratégias de ativação ou interferência na via de TLRs através de quimerismo de medula óssea, uso de agonistas e peptídeos inibidores ou ainda, terapia com anti-inflamatório esteroidal, o que pode ajudar a definir se o uso destes é justificável nos casos de lesão do OE. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CRISAFULLI, UMBERTO; XAVIER, ANDRE M.; DOS SANTOS, FABIANA B.; CAMBIAGHI, TAVANE D.; CHANG, SEO Y.; PORCIONATTO, MARIMELIA; CASTILHO, BEATRIZ A.; MALNIC, BETTINA; GLEZER, ISAIAS. Topical Dexamethasone Administration Impairs Protein Synthesis and Neuronal Regeneration in the Olfactory Epithelium. FRONTIERS IN MOLECULAR NEUROSCIENCE, v. 11, MAR 6 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.