Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização do caroço de algodão em rações de alta proporção de concentrado para cordeiros confinados: desempenho, características de carcaça e da carne, comportamento ingestivo e digestibilidade das dietas.

Processo: 11/14968-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Ivanete Susin
Beneficiário:Rodrigo Araújo de Souza
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Ácidos graxos   Confinamento   Ovinos

Resumo

O uso de caroço de algodão na nutrição de ruminantes é de grande interesse, pois ele é um dos poucos ingredientes que combina alto teor de proteína, fibra e energia o que facilita a formulação de dietas de baixo custo. Para o estudo da adição do caroço de algodão em dietas de alta proporção de concentrado para cordeiros confinados serão realizados 2 experimentos. Experimento 1: Sessenta e quatro cordeiros, machos não castrados, mestiços Dorper X Santa Inês serão arranjados em um delineamento de blocos completos casualizados e confinados logo após a desmama por um período de 56 dias. As rações experimentais serão isonitrogenadas (16,0% de PB) e compostas por 90% de concentrado e 10% de feno de "coastcross". Os teores de adição do caroço de algodão adotados serão: 0, 7, 14 e 21% (na MS), que corresponderão as dietas experimentais CA0, CA7, CA14 e CA21, respectivamente. O Exp. 1 tem por objetivo avaliar o efeito das dietas no desempenho e nas características de carcaça dos animais, bem como no comportamento ingestivo. Experimento 2: Oito borregos, canulados no rúmen, serão utilizados para avaliar as dietas utilizadas no Exp.1. Será determinada a digestibilidade dos nutrientes, o balanço de nitrogênio e alguns parâmetros ruminais. O delineamento experimental será o de quadrado latino duplo 4X4.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)