Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da exposição ao alumínio e manganês sobre a esteroidogênese gonadal de machos de Astyanax bimaculatus (Teleostei: Characidae)

Processo: 11/15056-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Pesquisador responsável:Renata Guimarães Moreira Whitton
Beneficiário:Bianca Mayumi Silva Kida
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57687-0 - Effects of global climate change of the Brazilian fauna: a conservation physiology approach, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Metais   Conservação   Endocrinologia   Peixes   Reprodução   Ecotoxicologia

Resumo

Atualmente, os metais têm sido um dos responsáveis pela contaminação de ecossistemas aquáticos. Neste contexto encontra-se o alumínio (Al) e o manganês (Mn), que em decorrência de ações antrópicas, causam alterações nos ambientes aquáticos, como o declínio de populações naturais de peixes e efeitos deletérios sobre os organismos aquáticos. Dentre estes efeitos, podem-se destacar as alterações respiratórias, metabólicas e endócrinas, sendo esta última o foco do presente projeto, uma vez que os metais podem atuar como desreguladores endócrinos. Estudos mostram que ambos os metais são capazes de alterar as concentrações de hormônios esteróides gonadais e gonadotropinas, além de alterar as funções hipotalâmicas, desencadeando prejuízos à reprodução. Tendo em vista as modificações endócrinas estudadas em fêmeas de peixes, serão analisados os efeitos causados pelos metais (Al e Mn) sobre a concentração dos hormônios esteróides: testosterona, 11-cetotestosterona, 17 ±- hidroxiprogesterona, estradiol e cortisol em machos adultos de lambari do rabo amarelo (Astyanax bimaculatus Linnaeus, 1758), além da análise da presença de vitelogenina no muco, importante biomarcador de desreguladores endócrinos com ação estrogênica. Visto que dados sobre a influência desses metais sobre a fisiologia reprodutiva de peixes são escassos, principalmente em machos, o presente estudo fornecerá dados importantes sobre a influência dos metais sobre o sistema endócrino de peixes, podendo contribuir para estudos futuros de maior amplitude ecológica que visem o sucesso reprodutivo desses animais e assim, a perpetuação da espécie.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA KIDA, BIANCA MAYUMI; ABDALLA, RAISA PEREIRA; MOREIRA, RENATA GUIMARAES. Effects of acidic water, aluminum, and manganese on testicular steroidogenesis in Astyanax altiparanae. FISH PHYSIOLOGY AND BIOCHEMISTRY, v. 42, n. 5, p. 1347-1356, OCT 2016. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
KIDA, Bianca Mayumi Silva. Influência do pH ácido, alumínio e manganês na fisiologia reprodutiva em machos de Astyanax bimaculatus (Characiformes: Characidae). 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.