Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção e cristalização de uma xilanase recombinante do fungo Leucoagaricus gongylophorus, simbionte de formiga cortadeira

Processo: 11/15060-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Dulce Helena Ferreira de Souza
Beneficiário:Ariele Cristina Moreira
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Endo-1,4-beta-xilanases   Proteínas recombinantes   Cristalografia de proteínas   Biologia molecular

Resumo

Xilanases são enzimas que, randomicamente, clivam a cadeia principal da xilana, polissacarídeo não celulósico mais abundante da parede celular de plantas. Esta enzima apresenta grande aplicação biotecnólogica, principalmente no bio branqueamento de celulose na produção de papel, no melhoramento da alimentação animal e na produção do adoçante xilitol. Estudos recentes demonstraram que ao incorporar xilanases ao processo fermentativo na produção de etanol a partir de resíduos da agroindústria- etanol de segunda geração-, obtem-se um aumento de 28% na produção de etanol. Este é um aspecto muito interessante de ser abordado, devido ao alto nível de lixos celulósicos gerados no país e a busca por fontes de combustíveis renováveis e menos poluente que os combustíveis fósseis.A proposta do projeto envolverá a amplificação do gene que codifica a síntese da xilanase do fungo Leucoagaricus gongylophorus, simbionte de formigas cortadeiras, através de PCR usando como molde o cDNA obtido a partir do RNA extraído de cultura do fungo. Após amplificação do gene, este será clonado em plasmídeo pGEM para sua propogação e depois de propagado, o gene será clonado no plasmídeo pPICZ±-C, um vetor de expressão em levedura Pichia pastoris. A enzima será expressa, purificada e caracterizada sob o ponto de vista cinético. A proteína também será cristalizada para futuros estudos estruturais da xilanase através de difração de raios-X. As informações de função e estrutura da enzima são importantes para posteriores estudos de melhoramento de suas atividades/estabilidade através de mutações sítio-dirigidas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.