Busca avançada
Ano de início
Entree

Modulação hepática do sistema cinina em ratos submetidos à modelo experimental de diabetes

Processo: 11/15379-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Márcia Regina Nagaoka
Beneficiário:Edilson de Oliveira Dantas
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/55928-0 - Papel dos sistemas cinina e renina-angiotensina na lesão por isquemia e reperfusão de fígados de ratos, AP.JP
Assunto(s):Cininas   Diabetes mellitus   Fígado   Gastroenterologia   Metabolismo

Resumo

Cininas são peptídeos formados por 8-11 aminoácidos, como por exemplo bradicinina, calidina e seus metabólitos. Tem sua ação biologica por meio da ligação aos receptores de membrana B1 e B2. Tem ação vasodilatadora indireta, por estimularem a produção de óxido nitríco e estão relacionados a quadros inflamatórios. No sistema arterial a bradicinina tem ação hipotensiva, enquanto no sistema portal tem ação hipertensiva e mediada por receptores B2 (via óxido nítrico). Foi verificado experimentalmente que durante o processo de cirrose hepática e hepatoctemia há aumento da expressão de receptor B1, sugerindo algum papel desse receptor na fibrogênese bem como no remodelamento celular que ocorre nestas situações. Em processo patológico como diabetes, verificou-se aumento na sinalização via receptor B1 em determinados tecidos principalmente sistema nervoso central, sugerindo que hiperglicemia é um estímulo para o sistema calicreína-cinina. Assim, este projeto visa estudar a expressão ou não dos receptores de cininas no fígado de animais submetidos a modelo experimental de Diabetes e verificar seu possível papel no metabolismo de carboidratos (glicólise e gliconeogênese).