Busca avançada
Ano de início
Entree

Padrões MORFOLÓGICO-EVOLUTIVOS para caracteres externos e sensoriais em espécies subterrâneas do gênero Ituglanis Costa & Bockmann, 1993(SILURIFORMES: Trichomycteridae)

Processo: 11/15429-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Maria Elina Bichuette
Beneficiário:Pedro Pereira Rizzato
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Ictiologia   Cavernas   Biometria

Resumo

As espécies de peixes que habitam o ambiente subterrâneo compartilham determinadas características que podem ser relacionadas ao seu modo de vida em um regime seletivo diferenciado, caracterizado por restrições ambientais. O estudo dos padrões de modificação morfológica nessas especies pode ajudar a elucidar questões sobre como se dá a colonização do ambiente subterrâneo e como os organismos respondem a esse novo regime seletivo. As espécies troglomórficas do gênero Ituglanis (Siluriformes; Trichomycteridae), o mais rico em espécies da ictiofauna subterrânea brasileira, cons-tituem ótimos modelos para o estudo de padrões morfológico-evolutivos, principalmente por ocorre-rem em regiões geográficas próximas, por terem se isolado há relativamente pouco tempo no ambiente subterrâneo e por apresentarem caracteres troglomórficos em diferentes graus, os quais teriam surgido independentemente em um processo de evolução paralela. Nesse sentido, o estudo proposto tem como objetivo analisar quais são os padrões morfológicos para caracteres corporais externos (pigmentação, nadadeiras pares e tamanho corporal) e para caracteres relacionados às modalidades sensoriais (olhos, barbilhões, linha lateral e encéfalo) encontrados para as espécies subterrâneas do gênero Ituglanis, como esses padrões podem ser identificados nessas espécies e qual a relação entre essas modificações morfológicas e o modo de vida subterrâneo. As cinco espécies subterrâneas des-critas para o gênero, Ituglanis passensis, I. bambui, I. epikarsticus, I. ramiroi e I. mambai, além de uma nova espécie não descrita, serão comparadas com espécies epígeas, para detectar quais os carac-teres que se modificaram após a colonização do ambiente subterrâneo. Serão analisados os seguintes caracteres: olhos, pigmentação melânica, barbilhões, linha lateral, nadadeiras pares, tamanho corporal, encéfalo e assimetrias corporais. Os resultados serão discutidos mediante comparação descritiva e análise estatística, conforme a situação apropriada. Espera-se identificar diferenças significativas entre espécies subterrâneas e epígeas para os caracteres citados e padrões distintivos de evolução dos mesmos nas diferentes espécies.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIZZATO, PEDRO PEREIRA; BICHUETTE, MARIA ELINA. The Laterosensory Canal System in Epigean and Subterranean Ituglanis (Siluriformes: Trichomycteridae), With Comments About Troglomorphism and the Phylogeny of the Genus. Journal of Morphology, v. 278, n. 1, p. 4-28, JAN 2017. Citações Web of Science: 4.
RIZZATO, PEDRO PEREIRA; BICHUETTE, MARIA ELINA. Ituglanis boticario, a new troglomorphic catfish (Teleostei: Siluriformes: Trichomycteridae) from Mambai karst area, central Brazil. Zoologia, v. 31, n. 6, p. 577-598, DEC 2014. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.