Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da interferência em traduções do gênero receita realizadas por estudantes brasileiros de espanhol como língua estrangeira.

Processo: 11/15600-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística
Pesquisador responsável:Heloísa Pezza Cintrão
Beneficiário:Bruna Macedo de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Linguística de corpus

Resumo

Este projeto propõe uma reflexão sobre o fenômeno da interferência em traduções da língua estrangeira para a língua materna, com base num estudo empírico de corpus comparável, corpus paralelo e dados cognitivos. Os sujeitos da pesquisa serão estudantes brasileiros de espanhol como língua estrangeira. Partimos da definição de interferência como a incorporação de elementos de uma língua na produção em outra (MACKEY, 1970 apud PRESAS, 2000, p.25) e da proposta de que optar por traduzir uma estrutura frequente da língua fonte por uma estrutura menos usual na língua meta constituiria uma forma de interferência, especialmente em textos nos quais a "naturalidade" é vista como uma característica desejável da tradução. Partindo de dados empíricos, o estudo deverá, primeiro, verificar se, como discute Presas (2000), na tradução, a interferência pode acontecer na direção oposta em que ocorre na aprendizagem de língua estrangeira, ou seja, ocorrer da língua estrangeira sobre a língua materna, considerando, a partir da mesma autora, que essa direção seria inusitada e provavelmente não explicável pelas mesmas hipóteses formuladas para o fenômeno da interferência da L1 sobre a L2, nas situações de aprendizagem de L2. Por outro lado, se verificada a hipótese de que, por características contrastivas entre o português e o espanhol, certas estruturas favoreceriam a interferência da língua estrangeira na língua materna, procuraremos propor explicações para o fenômeno.O corpus geral do estudo estará constituído por três tarefas, nas quais os estudantes deverão: (1) escrever uma receita em português, a partir de uma sequência de imagens; (2) completar uma receita, escrita em português, com subordinadas temporais e finais; e (3) traduzir para o português uma receita em espanhol. O terceiro será o subcorpus principal, no qual observaremos a tradução das orações subordinadas temporais introduzidas por cuando e hasta, e de orações finais encabeçadas por para. Para caracterizar o emprego de certas construções sintáticas como interferência, será preciso certificar-nos de que o uso das estruturas encontradas nas traduções não é de fato o mais frequente em língua portuguesa. Com esse propósito, lançaremos mão de um corpus de receitas escritas originalmente em português do Brasil como parâmetro de comparação.Pretendemos verificar assim: a) qual é a forma mais frequente em que as estruturas estudadas ocorrem no gênero receita nas línguas espanhola e portuguesa; b) se os estudantes brasileiros estruturarão da mesma forma ou não as temporais e finais ao escrever diretamente em português, completar receitas em português e traduzir para o português; c) se haverá diferenças entre as produções dos estudantes e as receitas coletadas na internet escritas originalmente em português. Um corpus assim constituído e observado permitirá verificar descritivamente a hipótese de uma especial tendência à interferência na tradução dessas estruturas subordinadas no gênero em questão.Todas essas atividades serão feitas num programa específico, o Translog (JAKOBSEN, 1999), que fornecerá dados para estudo de processos mentais em tradução (ex. ocorrência de pausas), que poderão ser úteis para a formulação de hipóteses explicativas dos resultados. Como principal fundamentação teórica, utilizaremos os conceitos naturalidade e de interferência em aquisição de segundas línguas e em tradução. Além disso, lançaremos mão do estudo contrastivo das orações subordinadas temporais e finais, na língua espanhola e na portuguesa. Como metodologia, utilizaremos alguns princípios da Linguística de Corpus e também técnicas dos estudos de processo tradutório.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVEIRA, Bruna Macedo de. Análise da interferência em traduções do gênero receita realizadas por estudantes brasileiros de espanhol como língua estrangeira. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH/SBD) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.