Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução do gene da esterase E3: avaliação dos efeitos da seleção e distribuição geográfica de mutações associadas à resistência a inseticidas em Cochliomyia hominivorax (Diptera:Calliphoridae)

Processo: 11/15739-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Ana Maria Lima de Azeredo-Espin
Beneficiário:Luana Walravens Bergamo
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Miíase   Manejo

Resumo

A pecuária é uma das atividades econômicas mais importantes no Brasil. Apesar disto, a produção animal tem sofrido perdas significativas devido ao impacto de endo e ectoparasitas sobre os rebanhos. Neste cenário destaca-se a mosca-da-bicheira, Cochliomyia hominivorax, que é um importante ectoparasita causador de miíase primária endêmico das Américas. Sua distribuição geográfica sofreu redução a partir da implementação de uma estratégia de controle envolvendo a técnica do inseto estéril (SIT) na década de 50, tendo sido considerada erradicada nos Estados Unidos e países continentais da América Central (entre os anos 50-2000). No Brasil, o controle desta espécie é realizado principalmente através de inseticidas, cujo uso indiscriminado tem acarretado na seleção de indivíduos resistentes. As substituições denominadas Gly137Asp e Trp251Leu foram observadas no sítio ativo da enzima carboxilesterase E3 e associadas principalmente à resistência a inseticidas dietil e dimetil-organofosforados, respectivamente. Com o surgimento de indivíduos resistentes da mosca-da-bicheira, a eficácia destes produtos químicos se reduz. Portanto, o conhecimento das bases moleculares e evolução da resistência, assim como a distribuição das mutações pontuais que estão envolvidas em tal mecanismo, podem contribuir para um manejo eficiente da resistência nas populações naturais de C. hominivorax. Diante dessa problemática, este projeto pretende avaliar os efeitos da seleção natural sobre o gene da esterase E3 e a distribuição geográfica dos polimorfismos genéticos associados à resistência a inseticidas em C. hominivorax. Amostras de diferentes regiões geográficas do Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina serão analisadas a partir da caracterização dos polimorfismos genéticos da sequência nucleotídica de parte do gene da carboxilesterase E3.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.