Busca avançada
Ano de início
Entree

As lesões do sistema nervoso central de cães com leishmaniose visceral são decorrentes da presença do parasita?

Processo: 11/15971-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Mary Marcondes
Beneficiário:Cinthya Brillante Cardinot
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema nervoso central   Leishmania infantum   Reação em cadeia por polimerase (PCR)

Resumo

A leishmaniose visceral é uma enfermidade que possui uma grande variabilidade de manifestações clínicas em cães, dentre elas a ocorrência de sintomas neurológicos, mesmo na ausência de outros agentes oportunistas. Apesar de alguns autores já terem identificado formas amastigotas do parasita no sistema nervoso central de cães com LV, não está claro ainda se o mesmo participa diretamente no desenvolvimento das alterações neurológicas. Desta forma, o presente estudo objetiva pesquisar, por meio de PCR, a presença de DNA de L. chagasi em fragmentos parafinados sistema nervoso central (córtex frontal, lobo piriforme, plexo coroide, ventrículo lateral, mesencéfalo, pedúnculos cerebelares e cerebelo) de dois grupos de cães portadores de leishmaniose visceral. O primeiro grupo constituído de 18 cães com evidências clínicas de envolvimento neurológico e o segundo grupo será formado por 18 animais sem evidência clínica de envolvimento neurológico, totalizando 216 fragmentos a serem avaliados.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CARDINOT, Cinthya Brillante. Identificação de DNA de Leishmania sp. no encéfalo de cães com Leishmaniose visceral. 2013. 48 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária Araçatuba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.