Busca avançada
Ano de início
Entree

Sucessão natural em ecossistemas em restauração: composição do dossel e processos de regeneração

Processo: 11/16126-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Giselda Durigan
Beneficiário:Luciane Missae Sato
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Restauração florestal   Ecologia da restauração

Resumo

Diferentes modelos de plantios mistos de espécies florestais vêm sendo amplamente empregados como forma de restaurar a diversidade perdida, suprimir espécies invasoras e promover o recrutamento de outras espécies em ecossistemas degradados. Entretanto, não há evidências empíricas sobre qual seria a biodiversidade mínima para a garantia da restauração dos processos ecossistêmicos. O presente estudo visa testar a hipótese de que a composição do dossel (riqueza e abundância de espécies/grupos funcionais) influi nos processos de regeneração natural, partindo-se do pressuposto de que exista uma estrutura mínima que garanta a funcionalidade da floresta em termos de composição, riqueza e diversidade funcional da regeneração natural. Para isso, a regeneração natural será analisada de forma ampla (chuva de sementes, banco de sementes e banco de plântulas) em parcelas de 30 m x 30 m de dois diferentes modelos de restauração florestal com riqueza de espécies contrastantes, , implantados há 13-14 anos em dois sítios com diferentes condições de solo e vizinhança. Os dados de chuva de sementes serão coletados mensalmente enquanto que o banco de sementes e o banco de plântulas serão analisados no final das épocas seca e chuvosa de 2011/2012. A riqueza total e os índices de diversidade serão estimados e comparados usando-se testes específicos. A comparação de riqueza entre as espécies será feita por métodos de rarefação e por correção através do índice ± de Fisher.A comparação das abundâncias da regeneração natural, chuva de sementes e banco de sementes entre as parcelas será feita por testes não-paramétricos e a associação de espécies da regeneração natural, banco de sementes e chuva de sementes com o dossel será feita por meio de análises multivariadas. Palavras-chave: diversidade de espécies, ecologia da restauração, sucessão natural, floresta estacional semidecidual.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.