Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do estresse oxidativo em modelo experimental da doença de crohn submetido ao tratamento de oxigênio hiperbárico.

Processo: 11/16459-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 30 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Aytan Miranda Sipahi
Beneficiário:Fernanda Serafim Nakutis
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gastroenterologia   Citocinas   Estresse oxidativo   Doença de Crohn

Resumo

A ocorrência de um estresse oxidativo moderado, frequentemente é acompanhada do aumento das defesas antioxidantes enzimáticas, mas a produção de uma grande quantidade de radicais livres pode causar danos podendo levar a célula a morte. Pacientes com doença de Crohn (DC) têm grande risco de desenvolver deficiências nutricionais, principalmente em relação aos nutrientes antioxidantes. Se o estresse oxidativo não for minimizado, o paciente terá maiores chances de progredir para um câncer de colo.O oxigênio hiperbárico (HBO) tem mostrado bons resultados tanto em pacientes com doença grave de Crohn, quanto em diferentes tipos de modelos animais. O HBO tem sido utilizado como um tratamento seguro e eficaz em diversas condições clínicas e experimentai, mas os mecanismos responsável por seus efeitos terapêuticos ainda não foram elucidado. Citocinas desempenham um papel fundamental na regulação da atividade das células imunológicas e manutenção da homeostase intestinal. O objetivo deste trabalho é avaliar o stress oxidativo em modelos animais na doença de Crohn tratados com oxigênio hiperbárico relacionando com as citocinas inflamatórias. A avaliação da melhora colônica será através da histologia, a avaliação o do estresse oxidativo será realizada através da glutationa peroxidase, da glutationa redutase e da super óxido dismutase e a dosagem de citocinas inflamatórias será realizado por Western Blot.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NAKUTIS, Fernanda Serafim. Avaliação do estresse oxidativo em modelo experimental da doença de Crohn submetido ao tratamento de oxigênio hiperbárico. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.