Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e quantificação de oxisteróis em ateromas e plasma de indivíduos com doença arterial periférica oclusiva submetidos à cirurgia de amputação

Processo: 11/16477-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Andrei Carvalho Sposito
Beneficiário:Vitor Wilson de Moura Virginio
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Oxisteróis   Doença arterial periférica   Aterosclerose

Resumo

O processo da aterosclerose tem atingido os humanos por cinco milênios e é a principal causa de doenças cardiovasculares (DCV). A aterosclerose forma-se em várias porções vasculares, mostrando diferentes composições em relação ao local de instalação. A placa de ateroma se inicia por uma disfunção endotelial, ocorrendo resposta imunológica na forma de inflamação, aumentando a espessura do vaso e impedindo a passagem sanguínea. Vários lípides estão envolvidos nesse processo, incluindo lipoproteínas, lípides oxigenados derivados de ácidos graxos e os oxisteróis, esses envolvidos em diversos mecanismos inflamatórios, processos imunológicos e na homeostase e metabolismo do colesterol. Atribui-se aproximadamente um terço da mortalidade global à DCV, incluindo-se fatores de risco como o tabagismo, as dislipidemias, a inflamação e calcificação vasculares, as quais aumentam os casos de amputação por doença arterial oclusiva. O objetivo desse trabalho será quantificar, caracterizar e relacionar diferentes classes de oxisteróis (24S-, 25-, 27-hidroxicolesterol e 7-ketocolesterol) em ateromas e no plasma de pacientes amputados com doença arterial periférica (DAP), a fim de identificar um marcador pró-aterogênico. Também será estudada a relação dessa classe de lípides com proteínas de transferência de lípides plasmáticos. Os experimentos serão desenvolvidos em 10 indivíduos com DAP, e 13 indivíduos controle (sem aterosclerose na artéria) e envolverá coletas de materiais, análises bioquímicas e uso de tecnologia de cromatografia gasosa acoplado a espectrometria de massas. Esperamos encontrar oxisteróis relacionados entre ateroma e plasma. Esperamos também que através de analises estatísticas utilizando programa SPSS, possamos identificar quais espécies lipídicas se diferenciam e suas associações com os diferentes dados clínicos e bioquímicos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VIRGINIO, Vitor Wilson de Moura. Identificação e quantificação de oxisteróis em ateromas e plasma de indivíduos com doença arterial periférica oclusiva submetidos à cirurgia de amputação. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.