Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da niacina em curto prazo sobre a concentração plasmática de lipoproteínas, Tamanho da HDL e função endotelial em indivíduos hipoalfalipoproteinêmicos

Processo: 11/16544-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Eliana Cotta de Faria
Beneficiário:Felipe Vendrame
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Hipertrigliceridemia

Resumo

RESUMO A aterosclerose é a principal causa de morbi-mortalidade no mundo, estima-se que exista cerca de 200 milhões de pessoas com manifestação aguda ou crônica, onde a redução plasmática de Lipoproteínas de Baixa Densidade (LDL) é a abordagem com maior efeito de diminuição da mortalidade. A Lipoproteína de Alta Densidade (HDL) atua na aterogênese através de vários mecanismos. A niacina é uma droga usada para tratar a aterosclerose, reconhecida por potencializar efeitos e aumentar HDL. O laropipranto minimiza os efeitos vasodilatadores da niacina. Este trabalho tem como objetivo, analisar os efeitos da niacina (1 a 2 g) com ou sem laropipranto, sobre a concentração, composição química, tamanho e funcionalidade da HDL, e ações vasculares em indivíduos hipoalfalipoproteinêmicos com ou sem hipertrigliceridemia. Serão determinados a espessura da camada intima-média (IMT), de carótidas e a vasodilatação fluxo-mediada (FMD) de artéria braquial. Quantificaremos colesterol (C), LDL-C, HDL-C, triglicérides através de métodos enzimáticos colorimétricos convencionais. A atividade de CETP será medida por um ensaio exógeno que mede a transferência de ésteres de colesterol (CE) radioativo e o plasma como fonte de CETP. A atividade de PLTP será quantificada utilizando-se uma emulsão como substrato exógeno radioativo. Através de testes turbidimétricos serão feitas as analises de apolipoproteínas. A distribuição do tamanho das partículas será analisa por medida de espalhamento dinâmico de luz. Quanto às ações da HDL a atividade antioxidante terá a finalidade de avaliar in vitro o efeito protetor desta contra a peroxidação da LDL, e os produtos de oxidação formados serão analisados de forma quantitativa. Para a atividade antiinflamatória da HDL, a LDL será marcada com diclorofluoresceína (DCF). A esta solução LDL-DCF, adiciona-se a HDL isolada por ultracentrifugação. As leituras de fluorescência serão realizadas a cada 15 min entre 0 e 24 h no SpectraMax M5/M5 Multi-detection Reader.A atividade anti-apoptótica será avaliada em ensaios de cultura de células com avaliação por citometria de fluxo, ou microscopia de fluorecência. A dosagem de Nitrato/Nitrito no meio de cultura será realizada por analisador de óxido nítrico NOATM 280 e o estresse oxidativo plasmático será estimado pela medição dos níveis plasmáticos de 8-isoprostano.As análises paramétricas e não-paramétricas serão realizadas com a utilização dos programas SAS e SPSS. Associaremos as variáveis determinando os efeitos da droga combinada ou não com laropipranto sobre os parâmetros bioquímicos e vasculares estudados.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.