Busca avançada
Ano de início
Entree

REVISÃO TAXONÔMICA E FILOGENIA DO GÊNERO Noctiliostrebla Wenzel, 1966 (DIPTERA; STREBLIDAE)

Processo: 11/16621-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Silvio Shigueo Nihei
Beneficiário:Daniel Maximo Corrêa de Alcantara
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Região neotropical   Sistemática

Resumo

Pertencente à Streblidae, uma família de moscas altamente especializadas que parasitam exclusivamente morcegos, Noctiliostrebla Wenzel, 1966 compreende, atualmente, quatro espécies divididas em dois grupos, grupo A, N. dubia (Rudow, 1871) e N. traubi Wenzel, 1966, e grupo B, N. aitkeni Wenzel, 1966 e N. maai Wenzel, 1966. O gênero está incluído dentro da subfamília Trichobiinae, junto com Paradyschiria Speiser, 1900, considerado seu grupo-irmão. Com uma classificação sistemática complicada e poucos estudos, Noctiliostrebla constitui um grupo muito homogêneo e de difícil separação entre as espécies. Restrito ao continente americano, suas espécies exibem um alto grau de especificidade em relação às duas únicas espécies de morcegos do gênero Noctilio Linnaeus, 1766, N. albiventris Desmarest, 1818 e N. leporinus (Linnaeus, 1758). Não existem trabalhos filogenéticos para Noctiliostrebla, sendo que, os únicos estudos envolvendo Streblidae foram feitos para demonstrar os relacionamentos entre as famílias do grupo Hippoboscoidea. O projeto tem como objetivos, realizar a revisão taxonômica do gênero Noctilostrebla Wenzel, 1966 e reconstruir uma hipótese de relacionamento entre as espécies do gênero, utilizando caracteres morfológicos e um conjunto de dados moleculares composto por genes nucleares e mitocondriais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CORREA ALCANTARA, DANIEL MAXIMO; GRACIOLLI, GUSTAVO; NIHEI, SILVIO S. Revision of Noctiliostrebla (Diptera: Streblidae), parasites of bulldog bats (Chiroptera: Noctilionidae: Noctilio). Zootaxa, v. 4560, n. 3, p. 483-521, FEB 26 2019. Citações Web of Science: 2.
DE SOUZA, CAMILA SILVEIRA; AOKI, CAMILA; CORREA ALCANTARA, DANIEL MAXIMO; LAROCA, SEBASTIAO; SAZIMA, MARLIES; POTT, ARNILDO; SIGRIST, MARIA ROSANGELA. Diurnal anthophilous fauna in Brazilian Chaco vegetation: phenology and interaction with flora. BRAZILIAN JOURNAL OF BOTANY, v. 40, n. 1, p. 203-213, MAR 2017. Citações Web of Science: 2.
CORREA ALCANTARA, DANIEL MAXIMO; SOUZA, CAMILA SILVEIRA; GRACIOLLI, GUSTAVO; NIHEI, SILVIO SHIGUEO. New records of tree roosts of Noctilio albiventris from the Pantanal, Brazil. Studies on Neotropical Fauna and Environment, v. 51, n. 3, p. 235-238, DEC 2016. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALCANTARA, Daniel Maximo Corrêa de. Revisão taxonômica e filogenia do gênero Noctiliostrebla Wenzel, 1966 (Diptera, Streblidae). 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.