Busca avançada
Ano de início
Entree

Política e "cultura" no Alto Rio Negro: o caso de Iauaretê

Processo: 11/16760-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Pesquisador responsável:Geraldo Luciano Andrello
Beneficiário:Tatiana Amaral Sanches Ferreira
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil

Resumo

Este projeto tem por objetivo realizar uma pesquisa de caráter etnográfico sobre as recentes iniciativas de "revitalização cultural" na região do alto rio Negro, em particular aquelas que vêm sendo desenvolvidas pelos grupos de língua tukano do rio Uaupés. Para tanto, o estudo será elaborado a partir da combinação de trabalho de campo de curta duração e revisão bibliográfica. O caso que se pretende privilegiar neste estudo é a repatriação (ocorrida entre 2008 e 2009) de um conjunto de ornamentos cerimoniais que estava guardado há décadas no Museu do Índio de Manaus. Na impossibilidade de definir as comunidades de origem das peças, estabeleceu-se que os adornos repatriados constituiriam propriedade coletiva dos povos indígenas da bacia do rio Uaupés. Sendo este um caso inédito no Brasil, o intuito desta pesquisa é levantar e observar o uso que vem sendo feito desses adornos desde que foram repatriados. Visto que no passado os adornos rituais compunham, como mostrou Stephen Hugh-Jones, a parte visível e material da riqueza dos grupos locais, coloca-se uma questão central: em que medida o papel de "fiel depositário" assumido por uma organização indígena local poderá se efetivar? (AU)