Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoramento de infecções do sítio cirúrgico (ISC) no Estado de São Paulo: seleção e implementação de indicadores

Processo: 11/16969-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Maria Clara Padoveze
Beneficiário:Débora Silva de Mello
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Infecção hospitalar   Controle de infecções   Vigilância em saúde pública   Vigilância epidemiológica   Serviços de informação

Resumo

Introdução: as infecções relacionadas à assistência a saúde (IRAS) são consideradas um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, provocando grande transtorno para a esfera pública, instituições e pacientes. As infecções de sítio cirúrgico (ISC) estão entre as IRAS mais prevalentes nas instituições de saúde. A vigilância epidemiológica é considerada como uma das principais estratégias para a prevenção das IRAS. Autoridades nacionais devem estabelecer prioridades para a vigilância das ISC e quais os dados devem ser fornecidos para autoridades de saúde. Objetivos: identificar indicadores que permitam uma revisão no sistema de notificações das IRAS no Estado de São Paulo, no que se refere às Infecções de Sítio Cirúgico (ISC) e propor melhorias para o sistema de notificação junto à Divisão de Infecção Hospitalar do Centro de Vigilância Epidemiológica de São Paulo (DIH-CVE). Métodos: para a seleção dos indicadores será realizado um levantamento bibliográfico em base eletrônica de dados de literatura científica e página eletrônica dos órgãos governamentais de saúde de países selecionados. Após a seleção dos indicadores, será desenvolvido um plano de melhorias para o sistema de vigilância epidemiológica das ISC. A implementação e o acompanhamento deste plano serão realizados em parceria com a DIH-CVE. Após um período de 12 meses, uma avaliação será desenvolvida, visando identificar os índices de adesão ao sistema por parte dos hospitais e os resultados dos indicadores selecionados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)