Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da participação da insulina e do efeito glicocorticóide exógeno sobre a resposta inflamatória aguda de tilápias do Nilo, Oreochromis niloticus, desafiadas com Aeromonas hydrophila.

Processo: 11/16945-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Marco Antonio de Andrade Belo
Beneficiário:Ed Johnny da Rosa Prado
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Insulina   Glucocorticoides   Inflamação aguda   Aloxano   Aeromonas hydrophila

Resumo

Este estudo propõe avaliar a participação da insulina e os efeitos glicocorticóides da dexametasona sobre a resposta celular em exsudato inflamatório na bexiga natatória de tilápias do Nilo, Oreochromis niloticus, desafiadas com Aeromonas hydrophila. Para tal, serão utilizadas 216 tilápias, pesando cerca de 150g cada, acondicionadas em 27 aquários, capacidade de 250 L, abastecidos com água corrente desprovida de cloro, constituindo quatro tratamentos: T0 = Não tratado e Não desafiado (controle); T1 = Não tratado e desafiado; T2= Tratado com insulina (INS) e desafiado; T3= Tratado com INS + Aloxano (ALOX) e desafiado; T4= Tratado com insulina (INS)+ dexametasona (DEXA) e desafiado; T5= Tratado com ALOX e desafiado; T6= Tratado com ALOX + DEXA e desafiado; T7= Tratado DEXA e desafiado; T8= Tratados com INS + ALOX + DEXA e desafiados. Após período de aclimatação, os peixes serão anestesiados em solução aquosa de benzocaína (1:10.000) para o desafio com a inoculação de 1,0 x 108 UFC de A. hydrophila na bexiga natatória, assim como, os tratamentos com INS (100 UI/kg de p.v., via IM), ALOX (200 mg/kg de p.v., via E.V.) e DEXA (4mg/kg de p.v., via IM). Portanto, seis, 24 e 48 HPD, as tilápias serão submetidas anestesia profunda para colheita de sangue para determinação do hemograma completo e bioquímico sérico, assim como, realizar a dissecção da bexiga natatória para obtenção de exsudato inflamatório para contagem de células inflamatórias totais em câmara de Neubauer e contagem diferencial em extensões do exsudato. Da mesma forma, será realizado estudo dos índices somáticos hepáticos, esplênicos e renais, além de coleta de fragmentos de fígado, baço e rim para estudo histopatológico. Contudo, a correlação entre os estudos: hematológico, bioquímico, histopatológico, somático e celular no exsudato inflamatório, fornecerá subsídios importantes na compreensão e caracterização de eventos presentes na fisiopatologia do processo inflamatório agudo de tilápias do Nilo, assim como, da participação da insulina e do efeito glicocorticoide nesta resposta, inclusive com peixes apresentando diabetes resultante do tratamento químico com aloxano.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PRADO, ED JOHNNY R.; BELO, MARCO ANTONIO A.; MORAES, ALESSANDRA C.; BARBUIO, ROBERTO; FOZ, ELIZABETH P.; FARIA, VANESSA P.; SEBASTIAO, FERNANDA A. Insulin favors acute inflammatory reaction in alloxan-diabetic tilapia during infectious aerocystitis. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 38, n. 12, p. 2190-2193, DEC 2018. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PRADO, Ed Johnny da Rosa. Insulina e dexametasona na aerocistite aguda induzida por Aeromonas hydrophila em tilápias do Nilo, Oreochromis niloticus, Aloxano-diabéticas. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.