Busca avançada
Ano de início
Entree

O brincar no contexto da educação infantil na visão dos profissionais de berçários

Processo: 11/18423-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Fabiana Cristina Frigieri de Vitta
Beneficiário:Débora Aleixo Campanhã
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Terapia ocupacional   Desenvolvimento infantil   Educação infantil   Berçários   Brincadeiras   Comportamento de brincar
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Berçário | Brincar | Educação Infantil | Terapia Ocupacional | Terapia Ocupacional

Resumo

A Educação Infantil tem um importante papel no desenvolvimento saudável da criança, principalmente quando se foca o berçário, voltado para a criança de 0 a 2 anos. As atividades desenvolvidas na rotina do berçário constituem-se, basicamente, no cuidado, e, ao serem realizadas com todas as crianças, acabam por tomar grande parte do tempo das profissionais. O brincar é realizado de forma livre nos intervalos das atividades de cuidado e com brinquedos nem sempre adequados para a idade. É importante destacar a intermediação do adulto nas brincadeiras, sendo papel do professor oportunizar experiências e aprendizagens. O entendimento que os profissionais do berçário têm do brincar influencia e dirige o desenvolvimento dessas atividades na rotina do berçário. Assim, o objetivo desta pesquisa é verificar o significado atribuído por esses profissionais às atividades de brincar junto à faixa etária de 0 a 2 anos no espaço de instituições de educação infantil. A coleta de dados será realizada junto a profissionais que atuam em Berçário ligados à Secretaria Municipal de Educação de Marília, por meio de entrevista semi-estruturada sobre a importância da brincadeira e do brinquedo para a criança de 0 a 2 anos e a forma como é oferecida na rotina do berçário. As respostas serão organizadas e analisadas com base nos conteúdos. Espera-se que os resultados possam contribuir na discussão relativa à organização de atividades no berçário que estimulem o desenvolvimento global da criança. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)