Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinantes da atividade e consumo de caça em região de fronteira agrícola na Amazônia Oriental

Processo: 11/19606-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Renata Pardini
Beneficiário:Patricia Carignano Torres
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mamíferos

Resumo

A caça representa fonte importante de proteína e de renda monetária para populações rurais. A pressão de caça, no entanto, pode levar à diminuição dos animais caçados, pondo em risco a integridade das florestas no longo prazo, e à redução do valor atribuído às florestas pelas populações locais. Definir os determinantes da caça é, portanto, base fundamental para estratégias de conservação e para garantir a segurança alimentar das populações humanas. A caça é influenciada por múltiplos fatores que atuam em escalas espaciais distintas e afetam tanto a oferta quanto a demanda por carne de caça, alterando a relação custo-benefício desta atividade. Fatores ambientais usualmente correlacionados provavelmente definem um vetor de variação espacial da relação custo-benefício da caça em escalas amplas. Estes fatores definem a oferta de animais para caça (cobertura florestal, rede viária, densidade da população humana) e influenciam a demanda por carne de caça (proximidade a centros urbanos). No entanto, a demanda por carne de caça deve ser também influenciada, em escalar menor, pelas características socioeconômicas e culturais dos habitantes. Em uma região de fronteira agrícola na Amazônia, através de entrevistas com moradores de seis microrregiões que variam quanto à proximidade do maior centro urbano e nos fatores ambientais que condicionam a disponibilidade de animais para caça, pretendemos investigar: (i) a importância relativa e as interações entre os fatores socioeconômicos, culturais e ambientais que determinam a atividade e o consumo de caça; e (ii) a influência da importância e do consumo de caça sobre a percepção da floresta pela população local.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TORRES, PATRICIA CARIGNANO; MORSELLO, CARLA; PARRY, LUKE; BARLOW, JOS; FERREIRA, JOICE; GARDNER, TOBY; PARDINI, RENATA. Landscape correlates of bushmeat consumption and hunting in a post-frontier Amazonian region. ENVIRONMENTAL CONSERVATION, v. 45, n. 4, p. 315-323, DEC 2018. Citações Web of Science: 0.
TORRES, PATRICIA CARIGNANO; MORSELLO, CARLA; PARRY, LUKE; PARDINI, RENATA. Who Cares about Forests and Why? Individual Values Attributed to Forests in a Post-Frontier Region in Amazonia. PLoS One, v. 11, n. 12 DEC 12 2016. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TORRES, Patricia Carignano. Caça e consumo de carne silvestre na Amazônia Oriental: determinantes e efeitos na percepção do valor da floresta. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.