Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do exercício resistido na Osteoartrite: avaliação histológica segundo OARSI (Osteoarthritis Research Society International)

Processo: 11/21121-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Stela Márcia Mattiello
Beneficiário:Mariana Carvalho de Souza
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Treinamento de força   Osteoartrite   Cartilagem articular

Resumo

O objetivo desse estudo é avaliar a influência do exercício resistido na osteoartrite de joelho de ratos segundo avaliação histológica da OARSI (Osteoarthritis Research Society International). Trinta e seis ratos serão divididos em 6 grupos: Controle (C), Osteoartrite (OA), Sham (S), Exercício (E), Osteoartrite e Exercício (OAE), Sham e Exercício (SE). Os grupos OA, OAE, S e SE realizarão a cirurgia de transecção do ligamento cruzado anterior (LCA) no joelho esquerdo para a indução da osteoartrite, sendo que somente os grupos OA e OAE terão o LCA seccionado. Após 2 semanas da cirurgia, os grupos E, OAE e SE iniciarão o protocolo de exercício resistido, 3 vezes por semana, durante 8 semanas. Após a última sessão, as articulações do joelho esquerdo de todos os animais serão coletadas e processadas em parafina para a confecção de lâminas histológicas, que serão coradas por Hematoxilina para avaliação histológica da cartilagem articular, segundo recomendações da OARSI. As lâminas serão avaliadas a microscopia de luz por 2 observadores cegados. Para avaliar a correlação entre os resultados obtidos pelos dois observadores será utilizado o teste de Spearman com R > 0,8 e p = 0,05. Será feita a comparação entre o peso corporal dos animais antes e após o experimento pelo teste T de Student e para a comparação da avaliação histológica da cartilagem articular dos diferentes grupos será utilizado o teste não-paramétrico Kruskal-Wallis com Post Hoc Newman Keuls (p = 0,05). (AU)