Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do fruto de duas espécies de Aizoaceae (Caryophyllales)

Processo: 11/22965-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Gladys Flávia de Albuquerque Melo de Pinna
Beneficiário:Ariane Lazarini
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/09815-4 - Tecido transmissor ovariano: uma análise ultraestrutural e histoquímica em Lithops pseudotruncatella (Bgr) N.E.Br. (Aizoaceae), BE.EP.IC
Assunto(s):Caryophyllales   Aizoaceae   Anatomia vegetal

Resumo

Aizoaceae é uma das principais famílias de Caryophyllales, e está presente predominantemente no Sul da África. Seu monofiletismo é bem sustentado, porém existem diversas controvérsias no que diz respeito às relações dentro do grupo. Atualmente são reconhecidas quatro subfamílias, apesar de não haver consenso quanto ao uso dessa classificação: Aizooideae, Sesuvioideae, Ruschioideae e Mesembryanthemoideae. A maior parte das espécies encontra-se nas últimas duas, o que leva alguns autores a defenderem a ideia de uma família separada que englobe os membros dessas duas subfamílias: Mesembryanthemaceae. As estruturas reprodutivas são importantes fontes de caracteres relevantes na construção de filogenias. Em Aizoaceae já foi bastante utilizada a estrutura morfológica dos frutos, mas apesar disso pouco se sabe sobre a anatomia e ontogênese das estruturas reprodutivas dessas plantas. Sendo assim, foram selecionadas duas espécies de Aizoaceae considerando a diversidade morfológica floral e do fruto (Mesembryanthemum tortuosum L. e Dorotheanthus bellidiformis (Burm.f.) N.E.Br.), utilizando técnicas em microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura. Esperamos com este trabalho fornecer novas homologias estruturais que serão base para futuros estudos sobre a evolução desses caracteres no grupo.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.