Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da influência de substâncias químicas auxiliares na resistência à fratura de dentes bovinos imaturos

Processo: 11/23320-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Marcia Carneiro Valera Garakis
Beneficiário:Flavia Nicolle Stefani Vassallo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Dente   Resistência à fratura   Biomecânica   Hidróxido de cálcio

Resumo

O objetivo deste estudo é avaliar em longo prazo a resistência à fratura de dentes bovinos fragilizados submetidos ao preparo biomecânico utilizando diferentes substâncias químicas auxiliares seguidas de medicações intracanal contendo hidróxido de cálcio [Ca(OH)2] por diferentes períodos de tempo. Os dentes serão divididos levando em conta o diâmetro do ápice radicular e de acordo com a substância química irrigadora utilizada (Solução fisiológica, clorexidina gel 2% e hipoclorito de sódio 1 %); cada grupo será subdividido em 5 subgrupos de acordo com o período de permanência da medicação intracanal (15 , 60, 90, 180 e 360 dias). Finalizado cada período de tempo os dentes serão submetidos ao teste de resistência à compressão com a finalidade de verificar se há interferência da substância química auxiliar na resistência à fratura e se o tempo prolongado com essa medicação interfere nessa resistência. Os valores obtidos serão submetidos aos testes de ANOVA e Tukey, significância 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)