Busca avançada
Ano de início
Entree

Imunização de camundongos BALB/c com a proteína recombinante A2 de Leishmania chagasi e estudo da resposta imune celular e humoral

Processo: 11/01961-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Rosangela Zacarias Machado
Beneficiário:Márcia Mariza Gomes Jusi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Proteínas   Imunização   Imunoparasitologia   Leishmania infantum

Resumo

A leishmaniose visceral é uma zoonose, considerada como uma das seis doenças tropicais mais importantes nos países em desenvolvimento. O agente etiológico da enfermidade no Brasil, a Leishmania chagasi, é transmitida aos seres humanos pela picada do vetor, um flebotomíneo da espécie Lutzomyia longipalpis, que adquire o parasito ao realizar o hematofagismo em animais infectados. Anteriormente descrita como uma enfermidade silvestre ou de ambiente rural, atualmente, observa-se um grande número de casos da doença em áreas urbanas. No ambiente doméstico, o cão é considerado o principal reservatório da leishmaniose visceral e, em consequência disso, é também o principal alvo das campanhas de controle da forma humana da doença.Os cães também sofrem com a doença, sendo que, uma vez iniciados os sinais clínicos nessa espécie, invariavelmente o animal vem a óbito. Porém, vários animais podem permanecer infectados pelo parasito, sem apresentar sinais clínicos por um longo período e transmitindo L. chagasi aos vetores. O presente projeto tem como objetivo estudar melhor a resposta imune de camundongos BALB/c imunizados com a proteína recombinante produzido a partir do gene A2 de L. chagasi, amostra isolada de um cão atendido no Hospital Veterinário da FCAV-UNESP, campus de Jaboticabal-SP, e avaliar a capacidade dessa proteína recombinante em induzir imunoproteção nos animais, após desafio com o parasito. Parâmetros da resposta imune humoral (classe IgG e subclasses IgG1 e IgG2) e celular (células CD4+, CD8+, macrófagos, iNOS, IL-4, IFN-³, TNF-± e IL-10) serão avaliados.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOMES JUSI, MARCIA MARIZA; FERREIRA DE SOUSA OLIVEIRA, TRICIA MARIA; HIGA NAKAGHI, ANDREA CRISTINA; ANDRE, MARCOS ROGERIO; MACHADO, ROSANGELA ZACARIAS. Expression of a recombinant protein, A2 family, from Leishmania infantum (Jaboticabal strain) and its evaluation in Canine Visceral Leishmaniasis serological test. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 24, n. 3, p. 309-316, JUL-SEP 2015. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JUSI, Márcia Mariza Gomes. Estudo da resposta imune de camundongos BALBc com a proteína recombinante A2 de Leishmania chagasi. 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.