Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da microdureza e rugosidade de superfície de resinas compostas seladas submetidas a diferentes concentrações de géis clareadores.

Processo: 11/18410-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Flávio Henrique Baggio Aguiar
Beneficiário:Michele de Oliveira Lima
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística   Rugosidade superficial   Microdureza

Resumo

Este trabalho irá avaliar a rugosidade superficial e microdureza de dois compósitos fotopolimerizáveis: micro-híbrida e nanoparticulada, seladas em sua superfície e submetidas à ação de agentes clareadores nas concentrações de 6% e 35%. Serão confeccionados 80 corpos de prova, fotopolimerizados com luz LED de 2ª geração (Bluephase 16 i-Ivoclar Vivadent), com intensidade de luz de 1.600 mW/cm2. Os corpos de prova serão divididos em 8 grupos (n=5 cada), sendo 40 amostras para o estudo de rugosidade e 40 amostras para o estudo de microdureza, de acordo com o tipo de compósito em dois níveis ( micro-híbrida Z-250 - 3M Espe e nanoparticulada Z-350 - 3M Espe); utilização ou não do selamento em superfície (Biscover LV -Bisco Ind., Schaumburg, IL, EUA); e tipo de clareamento em 2 níveis (peróxido de hidrogênio a 6% e peróxido de hidrogênio a 35%). Após fotopolimerização será realizado o polimento das amostras com discos de óxido de alumínio Soflex (3M Espe) com granulações decrescentes, em seguida, aplicado o selante de superfície em determinados grupos experimentais. Serão feitas duas leituras (L1 e L2) da rugosidade de superfície e microdureza. A leitura L1 será feita 24hs após a confecção das amostras e L2 após a aplicação dos agentes clareadores. Os resultados obtidos serão submetidos à análise estatística.