Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação de métodos nociceptivos elétrico, mecânico e térmico para avaliação de dor de equinos tratados com metadona associada à detomidina ou acepromazina

Processo: 11/21927-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Stelio Pacca Loureiro Luna
Beneficiário:Carlize Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/08967-0 - Avaliação da dor clínica e experimental em animais, AP.TEM
Assunto(s):Equinos   Dor   Metadona   Estimulação elétrica   Analgesia

Resumo

O estudo objetiva validar diferentes modelos de estímulos nociceptivos em equinos, bem como, determinar um método válido e confiável para avaliar a eficácia dos fármacos analgésicos nessa espécie. Oito equinos adultos serão submetidos a três tratamentos intravenosos: CONTROLE (salina); MD (metadona 0,2 mg/kg + detomidina 10 µg/kg) e MA (metadona 0,2 mg/kg + acepromazina 0,05 mg/kg), administrados aleatoriamente e com intervalo mínimo de uma semana entre cada tratamento. A atividade antinociceptiva será avaliada por meio da voltagem, temperatura e pressão necessária para o reflexo de retirada do membro após estimulação elétrica, térmica e pressórica do membro. O estímulo elétrico será realizado com um estimulador elétrico fixado sobre a banda coronária de um dos membros torácicos do animal, iniciando-se com 1 V e aumentando de forma crescente, até se obter respostas nociceptivas positivas. Os estímulos mecânicos e térmicos serão avaliados com dispositivos sem fio, que monitoram os sensores, mecânico e térmico e registram seus valores automaticamente, em um visor digital. Para avaliar o estímulo mecânico, o sensor será fixado na região dorsal do metacarpo do animal e os pinos serão pressionados contra a pele, por meio de dispositivos pneumáticos. Já para a avaliação do estímulo térmico, o sensor térmico aumentará a temperatura, até que o animal apresente resposta. Espera-se com o estudo, validar e padronizar os estímulos nociceptivos experimentais na espécie equina, além de estabelecer uma comparação entre os diferentes modelos de estímulos nociceptivos, na avaliação da dor nesta espécie. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Pesquisadores criam escalas para avaliação da dor em bovinos, equinos e suínos 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.