Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular e filogeografia multigênica de isolados de Rickettsia parkeri Nas Américas

Processo: 11/51979-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcelo Bahia Labruna
Beneficiário:Fernanda Aparecida Nieri Bastos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Carrapatos

Resumo

A Febre Maculosa causada por Rickettsia parkeri é uma doença transmitida por carrapatos, emergente nas Américas, incluindo o Brasil, caracterizada por sintomatologia mais branda com quadros de linfoadenopatias regionais e lesão máculo-papular típica associada à escara de inoculação ("tach noir") no sitio de fixação do vetor. No Brasil, o principal método diagnóstico é o sorológico e/ou isolamento do agente, porém sem a definição taxonômica do isolado. Se levarmos em consideração que todas as espécies de Rickettsia do grupo da Febre Maculosa apresentam algum tipo de reação cruzada nos testes sorológicos, casos de riquetsiose causado por R. parkeri podem estar ocorrendo em grande número no pais, sobretudo na região Sul. Dessa forma, os objetivos do presente estudo são a caracterização molecular e a filogenia de isolados de R parkeri provenientes de diferentes espécies de carrapatos e regiões do Brasil e de outros países americanos, através de marcadores moleculares clássicos (gltA, ompA, Sca1, virB4 e dnaA) e espaçadores intergênicos (dksA-xerC, mpp-pur, rpmE-tRNAfmet). Possibilitando, dessa forma, um amplo estudo da diversidade de R. parkeri propiciando o entendimento taxonômico, biogeográfico, características epidemiológicas e relacionamento com os hospedeiros invertebrados, gerando dados para a compreensão da evolução dessa espécie de bactéria nas Américas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASTRO SANTIAGO, ANA CAROLINA; DUARTE, LEIDIANE LIMA; MARTINS, THIAGO FERNANDES; ONOFRIO, VALERIA CASTILHO; NIERI-BASTOS, FERNANDA APARECIDA; PACHECO, RICHARD DE CAMPOS; TOME MELO, ANDREIA LIMA; MARCILI, ARLEI; BARROS-BATTESTI, DARCI MORAES. Occurrence of autogeny in a population of Ornithodoros fonsecai (Acari: Argasidae). TICKS AND TICK-BORNE DISEASES, v. 10, n. 5, p. 1078-1084, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.
NIERI-BASTOS, FERNANDA A.; MARCILI, ARLEI; DE SOUSA, RITA; PADDOCK, CHRISTOPHER D.; LABRUNA, MARCELO B. Phylogenetic Evidence for the Existence of Multiple Strains of Rickettsia parkeri in the New World. Applied and Environmental Microbiology, v. 84, n. 8 APR 2018. Citações Web of Science: 9.
NIERI-BASTOS, FERNANDA A.; HORTA, MAURICIO C.; BARROS-BATTESTI, DARCI MORAES; MORAES-FILHO, JONAS; RAMIREZ, DIEGO G.; MARTINS, THIAGO F.; LABRUNA, MARCELO B. Isolation of the Pathogen Rickettsia sp Strain Atlantic Rainforest From Its Presumed Tick Vector, Amblyomma ovale (Acari: Ixodidae), From Two Areas of Brazil. Journal of Medical Entomology, v. 53, n. 4, p. 977-981, JUL 2016. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.