Busca avançada
Ano de início
Entree

EFEITO DE DIFERENTES DOSES E INTERVALOS DE APLICAÇÃO DA LASERTERAPIA DE BAIXA POTÊNCIA (660 nm) NA ATIVIDADE DE CITOCROMO C-OXIDASE EM DIFERENTES TIPOS DE FIBRAS MUSCULARES NO MÚSCULO ESQUELÉTICO DE RATOS

Processo: 11/21149-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Ernesto Cesar Pinto Leal Junior
Beneficiário:Claudia Oliveira Caires
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fadiga muscular   Laser de baixa intensidade   Laser   Fototerapia   Terapia a laser de baixa intensidade

Resumo

Ao longo dos últimos anos a modulação da atividade de citocromo c-oxidase têm sido apontada como o mecanismo chave de interação da radiação LASER com os diferentes tecidos biológicos. Mais recentemente, um estudo demonstrou que a atividade de citocromo c-oxidase é potencializada através da fototerapia em diferentes tipos de fibras musculares esqueléticas de ratos. Estudos recentes do nosso grupo de pesquisa com fototerapia tem demonstrado resultados positivos no retardo da fadiga do muscular e na recuperação de marcadores bioquímicos relacionados a recuperação muscular quando essas terapias foram aplicadas previamente ao exercício. Acreditamos que a atividade de citocromo c-oxidase possa desempenhar um papel chave nos efeitos da laserterapia de baixa potencia (LBP) no retardo da fadiga muscular. Com estes fatores em mente, o presente projeto de pesquisa tem como objetivos: avaliar os efeitos de diferentes doses de LBP na atividade de citocromo c-oxidase em diferentes tipos de fibras do músculo esquelético, bem como determinar o intervalo de tempo em que ocorre o pico de atividade de citocromo c-oxidase nos diferentes tipos de fibras do músculo esquelético. Para tal, será realizado um estudo experimental com ratos. Neste estudo o músculo tibial anterior dos animais serão irradiados com diferentes doses de LBP (1, 3 e 10 J), com comprimento de onda de 660 nm, e com potencia de 50 mW. Após a irradiação os músculos serão retirados em diferentes tempos experimentais (5, 10, 30 minutos, 1, 2, 12 e 24 horas) e armazenados para posterior análise. A análise da atividade de citocromo c-oxidase nos diferentes tipos de fibra muscular será realizada através de análise imunohistoquímica, análise de imagens histológicas, e Western Blotting.