Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial citotóxico e antioxidante de Eleutherine bulbosa Miller (Iridaceae)

Processo: 11/22723-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Etnofarmacologia
Pesquisador responsável:Regildo Márcio Gonçalves da Silva
Beneficiário:Caio Pismel Alves
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Citotoxicidade   Melanoma   Antioxidantes   Plantas medicinais   Antineoplásicos   Carcinoma

Resumo

A Eleutherine bulbosa pertence à família Iridaceae e, compreende 90 gêneros e cerca de 1200 espécies. Quanto à atividade medicinal popular para esta espécie, podemos citar seu uso como vermífugo, regulador da menstruação, para dor desordens intestinais, abortivo e antifertilidade. Já para atividade científica, tem demonstrado efeito como antifúngico, purgativo, anti-câncer, antimicrobiana e abortivo. Diante disso este projeto tem por objetivo avaliar a atividade citotóxica do extrato etanólico do bulbo de Eleutherine bulbosa por meio de teste in vitro em cultura de células de melanoma murino (B16F10 Nex 2.1) e pela inibição da indução de tumor por Agrobacterium tumefaciens em discos de Solanum tuberosum. Também objetiva avaliar a atividade antioxidante do referido extrato por meio do teste de seqüestro de radicais livres do DPPH e do efeito quelante de ferro, além de realizar a quantificação de fenóis, flavonóides e taninos totais presentes no extrato.