Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da restrição alimentar gestacional na nefrogênese: aspectos morfológicos e moleculares

Processo: 11/23508-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Flávia Mesquita Vieira
Beneficiário:Carmen Maria das Graças Grigoletti Mir
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrogênese   Desenvolvimento fetal

Resumo

A restrição nutricional durante a gestação diminui a taxa de crescimento e prejudica o desenvolvimento fetal. A hipótese da Programação Fetal por desnutrição materna tem sido amplamente estudada, gerando resultados que comprovam que há alterações morfo-funcionais no indivíduo cuja mãe sofreu desnutrição durante a gestação. Trabalhos demonstram que a restrição proteica materna gera um indivíduo hipertenso, com alterações no funcionamento renal, devido à uma nefrogênese prejudicada. Apesar destes resultados, a relação entre desnutrição total de nutrientes com a nefrogênese necessita ser elucidada. O presente estudo tem como objetivo investigar os efeitos da desnutrição total in utero no desenvolvimento renal em ratos machos, avaliando os brotamentos uretéricos em cultura de metanefros, quantificando o número de glomérulos em rins de ratos no início e fim da glomerulogênese além de analisar a expressão gênica dos genes responsáveis pela indução do desenvolvimento renal.