Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da ativação proprioceptiva reflexa do músculo genioglosso na atenuação da redução do fluxo inspiratório associada à dependência ao esforço negativo

Processo: 11/22117-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 16 de julho de 2012
Vigência (Término): 15 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Pedro Rodrigues Genta
Beneficiário:Pedro Rodrigues Genta
Anfitrião: Atul Malhotra
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Harvard University, Cambridge, Estados Unidos  
Assunto(s):Pneumologia   Fisiopatologia   Apneia obstrutiva do sono

Resumo

A apneia obstrutiva do sono (AOS) é altamente prevalente entre adultos e possui morbi-mortalidade significativas. A limitação ao fluxo aéreo pode ser observado em portadores de AOS. O modelo de resistor de Starling é frequentemente utilizado para estudar as relações entre pressão e fluxo da faringe e considera que o fluxo inspiratório permaneça constante quando houver regime de limitação ao fluxo aéreo, independentemente do esforço inspiratório. No entanto, a dependência ao esforço negativo (DEN) é um fenômeno conhecido no qual o fluxo aéreo diminui em resposta ao esforço inspiratório na vigência de limitação de fluxo e pode contribuir significativamente para o comprometimento do fluxo aéreo inspiratório na AOS. Os mecanismos associados à DEN não são completamente conhecidos. O objetivo deste estudo é avaliar o padrão de atividade muscular da via aérea superior (músculo genioglosso) e o desenvolvimento da DEN em respirações com fluxo limitado de pacientes com AOS durante o sono. Nossa hipótese é de que o reflexo proprioceptivo à pressão negativa da faringe, que proporciona atividade fásica do músculo genioglosso, proteja contra o desenvolvimento da DEN. A atenuação da atividade fásica do músculo genioglosso pode ser obtida pela anestesia tópica da faringe. Pretendemos determinar a DEN através da indução da limitação do fluxo inspiratório pela redução abrupta da pressão de CPAP e mantida por 3 a 5 minutos, com e sem anestesia tópica da faringe, e concomitante monitorização da atividade muscular do músculo genioglosso de 20 pacientes com AOS. (AU)