Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação entre a Enzima Conversora de Angiotensina I (ECA) e os receptores de cininas

Processo: 12/03585-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:João Bosco Pesquero
Beneficiário:Smairah Frutuoso Abdallah
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/06676-8 - Biologia celular e molecular dos sistemas calicreínas-cininas e renina-angiotensina, AP.TEM
Assunto(s):Cininas   Pressão sanguínea

Resumo

Os sistemas calicreína-cininas (SCC) e renina-angiotensina (SRA) exercem papéis importantes na regulação de vários processos fisiológicos e patológicos relacionados ao controle da pressão arterial, homeostase glicolítica, crescimento e hipertrofia celular, transmissão de dor e nos processos inflamatórios, entre outros. O principal efetor do SCC são as cininas, dentre elas a bradicinina (BK) e a desArg9BK e do SRA é a angiotensina II (AngII). Tanto as cininas como a AngII agem através da ativação de receptores acoplados a proteína G (GPCR): os receptores B1 e B2 no caso das cininas e os receptores AT1 e AT2 (e seus subtipos) no caso da AngII. Pela sua importância nos processos fisiopatológicos envolvendo a regulação da pressão arterial, e mais recentemente nos processos de homeostase glicolítica, regulação de gasto energético e obesidade, esses dois sistemas têm sido objeto de estudos de nosso laboratório, envolvendo a utilização de técnicas de análise molecular de última geração, diversos modelos de animais geneticamente modificados e modelagem molecular e mutações sítio-dirigidas dos receptores, além de diversos outros aspectos da biologia molecular dos dois sistemas. (AU)