Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da qualidade da assistência pré-natal no município de Botucatu-SP, por meio da aplicação de escore

Processo: 12/00312-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Obstétrica
Pesquisador responsável:Cristina Maria Garcia de Lima Parada
Beneficiário:Priscila Braga de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde materno-infantil   Obstetrícia   Cuidado pré-natal   Avaliação de programas de saúde   Indicadores de qualidade em assistência à saúde   Botucatu (SP)

Resumo

A assistência pré-natal é importante instrumento para a identificação de riscos tanto para a mãe quanto para o concepto, e viabiliza ações que resultam na diminuição da morbimortalidade materna e perinatal. Assim, políticas que enfocam o ciclo gravídico-puerperal, como a Política de Atenção Integral à Saúde da Mulher, na qual se insere a atenção pré-natal, têm se mantido em pauta no Brasil desde a década de 1980. A atenção pré-natal adequada em quantidade, qualidade e oportunidade e diferenciada de acordo com o risco, cria um grande potencial para a melhoria da saúde familiar, sendo um exemplo claro de prevenção de doenças e promoção da saúde. A atenção pré-natal teve grande desenvolvimento nas últimas décadas, destacando-se melhoria na cobertura e outros indicadores, especialmente aqueles propostos pelo Programa de Humanização do Pré-natal e Nascimento (PHPN). Além do PHPN, outros índices têm sido propostos para avaliar a qualidade pré-natal, como o índice de Kessner, que contempla o mês do início do pré-natal e o número total de consultas realizadas, e o de Kotelchuck, que também contempla o mês de início do pré-natal e o número total de consultas, mas avança ao propor a ponderação do número de consultas pela idade gestacional, criando categorias de adequação da atenção desenvolvida. O presente estudo epidemiológico tem como objetivo geral avaliar a qualidade da assistência pré-natal desenvolvida em Botucatu-SP, no ano de 2012. Seus objetivos específicos são: descrever as características socioeconômicas e demográficas e o resultado perinatal das gestações das mulheres participantes do estudo; propor e aplicar escore de qualidade pré-natal e verificar a associação entre o escore de qualidade pré-natal e características maternas e do recém-nascido. A análise será focada nos pressupostos da Política Nacional de Atenção Obstétrica, considerando especialmente o PHPN e o Programa de Atenção Pré-Natal da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Para tanto, serão utilizados dados secundários de amplo estudo em desenvolvimento no município de Botucatu que, por sua vez, contempla a avaliação dos prontuários de mães e recém-nascidos durante internação para o parto, cartão de pré-natal e livros de sala de parto e do berçário. Estima-se que serão estudados aproximadamente 1400 binômios mãe-bebê, de partos ocorridos no período de 1 de janeiro a 30 de junho de 2012. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.