Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de substâncias potencialmente teratogênicas na base brasileira de dados clínicos e familiais de Fendas Orofaciais Típicas

Processo: 11/22200-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Vera Lúcia Gil da Silva Lopes
Beneficiário:Bruna Henrique Bueno
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidez   Fenda labial   Genética médica   Educação em saúde

Resumo

Introdução: As fendas orofaciais compreendem um grupo complexo e heterogêneo, com prevalência mundial de 1:600-1000 recém-nascidos. Entre diversas etiologias, a influência de agentes teratogênicos na sua ocorrência tem sido documentada. Entretanto, informações sobre esta etiologia, em nível populacional e neste grupo específico de defeito congênito, não estão caracterizadas no Brasil. Com apoio da Organização Mundial de Saúde, da Fapesp, CNPq e outras agências de fomento à pesquisa, o Projeto Crânio-face Brasil desenhou e validou a Base Brasileira de Dados Clínicos e Familiais de Fendas Orofaciais Típicas (BBDCF). Esta é multicêntrica, sediada no Departamento de Genética Médica e está em atividade desde 2008, com cerca de 500 registros completos até a presente data. Nesta base, todos os dados são coletados por geneticistas clínicos de maneira padronizada, resultando em informações consistentes e minuciosas. Objetivo: Identificar, na BBDCF, fatores pré-natais e seus respectivos potenciais teratogênicos para ocorrência de fenda orofacial. Método: Estudo transversal, com consulta dos dados da BBDCF sobre o primeiro trimestre gestacional, para identificação de possíveis teratógenos. Após esta verificação, será realizada revisão de literatura para identificação de potencial teratogênico individual. Os dados serão analisados, inicialmente, de maneira descritiva. Testes estatísticos serão empregados, de acordo com os resultados obtidos. A identificação de substâncias utilizadas pela população brasileira no período crítico de desenvolvimento orofacial e respectivos potenciais teratogênicos podem indicar estratégias de educação populacional de prevenção deste e de outros defeitos congênitos.